Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://cinema.uol.com.br/album/2013/02/05/os-20-piores-filmes-de-todos-os-tempos.htm
  • totalImagens: 20
  • fotoInicial: 17
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20130205192813
Fotos
"Plano 9 do Espaço Sideral" (1959), de Edward D. Wood Jr.: Ficou esquecido por mais de 20 anos até que, em 1980, foi eleito como o pior filme de todos os tempos pelo crítico Michael Medved, no livro "The Golden Turkey Awards". Virou fenômeno cult Reprodução Mais
"Manos: The Hands Of Fate" (1966), de Harold P. Warren: A trama sem pé nem cabeça, as interpretações ruins e os efeitos visuais primários ajudaram a criar a fama deste longa de terror como um dos piores filmes de todos os tempos. Na década de 1990, também ganhou status de cult Reprodução Mais
"Mamãezinha Querida" (1981), de Frank Perry: Dramalhão que adapta para o cinema a biografia de Christina Crawford, filha da atriz Joan Crawford, relatando as agressões cometidas pela mãe, ganhou cinco Framboesas de Ouro, inclusive para a atriz Faye Dunaway Reprodução Mais
"Howard, o Super-Herói" (1986), de Willard Huyck: Clássico da Sessão da Tarde nos anos 1980, o filme, uma versão bem livre de um personagem obscuro da Marvel, virou motivo de piada pelo visual de seu protagonista e foi um fracasso de público Reprodução Mais
"Tubarão: A Vingança" (1987), de Joseph Sargent: A terceira sequência do clássico de Steven Spielberg mostra um tubarão que quer se vingar de uma família, uma trama tão esdrúxula que deu ao filme a média 0% (zero) no Rotten Tomatoes, site que relaciona críticas Reprodução Mais
"Ishtar" (1987), de Elaine May: O público não gostou nada da reunião de Dustin Hoffman e Warren Beatty nas telas. O filme virou sinônimo de fracasso de bilheteria. Custou US$ 55 milhões e rendeu somente US$ 14 milhões. Nunca foi lançado em DVD nos EUA Reprodução Mais
"Highlander 2" (1991), de Russell Mulcahy: O primeiro virou filme cult, mas a segunda incursão do guerreiro imortal nos cinemas foi constrangedora. O crítico Roger Ebert diz que este é "o filme mais hilário e incompreensível que ele já viu" Reprodução Mais
"Super Mario Bros." (1993), de Annabel Jankel, Rocky Morton: Poucos filmes baseados em games dão certo, mas "Super Mario Bros." é o que tem a pior reputação: rendeu menos da metade do que custou, encabeçou a lista de piores do ano e hoje tem 13% de críticas positivas no Rotten Tomatoes Reprodução Mais
"Batman & Robin" (1997), de Joel Schumacher: George Clooney foi um Cavaleiro das Trevas de uniforme colorido e com mamilos. Polêmico. Sepultou a carreira do herói no cinema até ele ser ressuscitado por Christopher Nolan Reprodução Mais
"An Alan Smithee Film: Burn Hollywood Burn" (1997), de Alan Smithee: A ideia era fazer uma brincadeira com Alan Smithee, nome utilizado por diretores que discordam do resultado final de um filme e resolvem não assiná-lo. Saiu tão ruim que o diretor resolveu fazer a mesma coisa. Reprodução Mais
"Velocidade Máxima 2" (1997), de Jan de Bont: Keanu Reeves acertou em não participar da sequência de seu sucesso de 1994. Sandra Bullock se juntou a Jason Patric no filme que concorreu a oito Framboesas de Ouro e ainda tem participação de Carlinhos Brown cantando "A Namorada" Reprodução Mais
"Cinderela Baiana" (1998), de Conrado Sanchez: Pérola do cinema nacional, estrelado por Carla Perez, então dançarina do É o Tchan. Com um roteiro e interpretações constrangedoras, é frequentemente citado com o pior filme brasileiro já feito. Estreia de Lázaro Ramos no cinema Reprodução Mais
"A Reconquista" (2000), de Roger Christian: Baseado num livro escrito pelo fundador da Cientologia, esse filme ganhou sete Framboesas de Ouro, inclusive pior ator para John Travolta, além de ter sido eleito como o "pior filme da década" Reprodução Mais
"The Room" (2003), de Tommy Wiseau: Dirigido, produzido, escrito e estrelado pelo desconhecido Tommy Wiseau, ganhou o apelido de "Cidadão Kane dos filmes ruins". Foi exibido em poucos cinemas da Califórnia e saiu de cartaz. A má fama ajudou a transformá-lo em cult Reprodução Mais
"Dupla Explosiva" (2003), de Wych Kaosayananda: O encontro nas telas de Antonio Banderas com Lucy Liu custou US$ 80 milhões, mas rendeu apenas US$ 20 milhões e ainda foi classificado pelo Rotten Tomatoes como "o pior entre os piores" Reprodução Mais
"Mulher-Gato" (2004), de Pitof: Depois da genial Mulher-Gato de Michelle Pfeiffer, apostaram num filme solo da personagem, mudando sua origem e identidade. Resultado: fracasso de crítica e público, mico da Halle Berry num uniforme rasgado e quatro Framboesas de Ouro Reprodução Mais
"Norbit" (2007), Brian Roberts: Eddie Murphy ganhou três Framboesas de Ouro (ator, ator coadjuvante e atriz coadjuvante) pelos múltiplos papéis que faz nesta que é sua comédia mais atacada pela crítica. Teve outras cinco indicações ao prêmio Reprodução Mais
"Super-Heróis - A Liga da Injustiça" (2008), de Jason Friedberg, Aaron Seltzer: A dupla de diretores é especializada em paródias de grandes produções, como "Os Espartalhões", mas este aqui passou dos limites. Concorreu a seis Framboesas de Ouro, inclusive pior atriz coadjuvante para a socialite Kim Kardashian Reprodução Mais
"A Gostosa e a Gosmenta" (2008), de Tom Putnam: Durante muito tempo, encabeçou a lista de piores filmes de todos os tempos do site IMDb, mas perdeu recentemente para "Super-Heróis - A Liga da Injustiça". Paris Hilton ganhou o Framboesa de Ouro de pior atriz e de pior dupla Reprodução Mais
"Contrato de Risco" (2003), de Martin Brest: Ben Affleck hoje dirige filmes indicados ao Oscar, mas já protagonizou essa bomba ao lado da ex Jennifer Lopez. O longa custou US$ 75 milhões e rendeu US$ 7 milhões. E nem o romance entre os dois astros resistiu ao fracasso do filme Divulgação Mais

Os 20 piores filmes de todos os tempos

Últimos álbuns de Cinema

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos