Colin Firth é condecorado pelo príncipe Charles


  • AFP PHOTO / GIUSEPPE CACACE

    O ator Colin Firth acena na sessão de fotos do filme "O Espião que Sabia Demais", no 68º Festival de Veneza (5/9/2011)

    O ator Colin Firth acena na sessão de fotos do filme "O Espião que Sabia Demais", no 68º Festival de Veneza (5/9/2011)

LONDRES, 26 Jan 2012 - O britânico Colin Firth foi condecorado nesta quinta-feira pelo príncipe Charles, que teve o avô interpretado pelo ator no filme "O discurso do rei", em uma atuação premiada com o Oscar no ano passado.

Firth, de 51 anos, recebeu a medalha que o torna Comandante do Império Britânico em uma cerimônia realizada no salão de baile do Palácio de Buckingham, reconhecimento concedido pela rainha Elizabeth 2ª por seus serviços à arte dramática.

Para Colin Firth, revelado internacionalmente em "O Diário de Bridget Jones", esta condecoração fecha com chave de ouro uma temporada carregada de premiações por sua elogiada interpretação de George 6º.

De acordo com alguns relatos, a rainha Elizabeth 2ª sentiu-se comovida ao assistir a "O discurso do rei", que narra a inesperada ascensão ao trono de seu pai, que lutou para superar uma forte gagueira.

Firth já tinha sido condecorado na Itália, país natal de sua esposa Livia, que em 2005 o nomeou Comendador da Ordem da Estrela da Solidariedade Italiana.

O ator britânico está atualmente nas telonas na adaptação cinematográfica do romance de espionagem de John Le Carré "The Mole", embora desta vez em um papel secundário atuando ao lado do protagonista Gary Oldman.

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos