PUBLICIDADE
Topo

Festival de Berlim divulga comunicado contra condenação de Jafar Panahi

da Redação

22/12/2010 16h09

A exemplo de profissionais do cinema e de outros festivais, o Festival de Berlim divulgou um comunicado para repudiar a condenação do cineasta iraniano Jafar Panahi ("Fora do Jogo"). O Festival de Berlim é conhecido pela tônica política de seus debates e filmes programados. Veja abaixo a nota oficial na íntegra:

O Festival Internacional de Cinema de Berlim condena agudamente as duras sentenças proferidas contra o diretor iraniano Jafar Panahi e seu colega de direção Mohammed Rasulof. Acusado de espalhar "propaganda contra o sistema", Panahi foi sentenciado a seis anos de prisão e proibido de praticar sua profissão por 20 anos. Rasulof também recebeu uma sentença de seis anos.

Em seus filmes, Jafar Panahi fornece uma perspectiva crítica sobre a situação social em sua terra natal e ele apóia o movimento de oposição contra o presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad. A condenação de ambos os artistas infringe a liberdade de opinião e de fazer arte. O direito irrestrito de se reunir, a liberdade de discursar e opinar não são apenas parte da convenção dos direitos humanos internacionais, que o Irã assinou, mas também parte da Constituição Iraniana.

O Festival Internacional de Cinema de Berlim convidou o renomado diretor Jafar Panahi para participar do júri internacional da 61ª edição do evento.

"Estamos muito preocupados e cheios de indignação com relação à condenação de Panahi", disse o diretor do festival alemão, Dieter Kosslick. "É chocante que um renomado diretor seja punido tão severamente por seu trabalho artistico. Panahi pode estar certo de que terá nosso total apoio."