Apresentador imita voz do ator Christopher Walken e engana agência de notícias

Da Redação

  • Ernst Feix/Arquivo Efe

    Foto de arquivo da atriz Natalie Wood, morta em 1981 sob circunstâncias suspeitas

    Foto de arquivo da atriz Natalie Wood, morta em 1981 sob circunstâncias suspeitas

Na última sexta-feira (18), quando foi noticiado que as investigações da morte da atriz Natalie Wood seriam reabertas, a agência de notícias AP noticiou uma declaração do ator Christopher Walken, veiculada em um programa de rádio norte-americano. O relato, no entanto, era falso: tratava-se do apresentador Marc Sterne imitando o ator no programa "The Tony Kornheiser Show".

Walken estava no barco em que a atriz e seu marido, Robert Wagner, se encontravam antes de Natalie morrer afogada. Um repórter da AP, ao ouvir a entrevista no rádio, achou que ela era verdadeira e a noticiou como sendo uma declaração do ator.

Sobre o caso, o apresentador diz ter "vergonha pelo repórter": "Vamos ser honestos: tenho certeza que Julia Roberts imitaria o Christopher Walken melhor do que eu, tenho vergonha pelo repórter da AP", disse ao site Access Hollywood. "Christopher Walken não falou sobre o assunto por 30 anos, eles achavam realmente que ele ligaria para um programa de esportes para falar sobre isso, e ainda dar palpites de futebol? Isso é absurdo."

Depois que a agência noticiou a suposta entrevista, o apresentador conta que diversos jornalistas começaram a ligar para a rádio para pedir o áudio da entrevista. Sterne, então, teve que esclarecer que ele imitou o ator. A AP, posteriormente, publicou errata da notícia.

Últimas de Cinema



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos