PUBLICIDADE
Topo

Will e Jaden Smith contam que "Depois da Terra" serviu para discutirem relação

Natalia Engler

Do UOL, em Cancún (México)*

05/06/2013 05h00

Sete anos depois de “À Procura da Felicidade”, Will e Jaden Smith voltam a interpretar pai e filho na ficção científica “Depois da Terra”, dirigida por M. Night Shyamalan (“O Sexto Sentido”), que estreia nesta sexta (7). Com Jaden agora entrando na adolescência, Will, 44, teve a ideia de uma produção em que os personagens estivessem vivendo os mesmos dilemas que pai e filho encaram na vida real.

“Foi muito interessante podermos discutir questões de Cypher e Kitai, mas na verdade estávamos falando de Will e Jaden”, conta o ator em entrevista em vídeo ao UOL, referindo-se ao general Cypher Rage, seu personagem, e Kitai Rage, papel de Jaden.

Mil anos depois que os humanos tiveram que abandonar a Terra, que se tornara um ambiente inóspito, Cypher Rage é um famoso general, distanciado de seu filho Kitai por longas ausências. Procurando se aproximar do garoto, Cypher organiza uma viagem, mas a nave onde viajam cai na Terra depois de um acidente, e pai e filho precisam acertar seus ponteiros para conseguirem sobreviver.

“Kitai é uma pessoa muito interessante. Ele vive na sombra do pai, e eu também. Somos muito parecidos nisso. Acho que quando você assiste ao filme, acompanha a jornada dele com o pai, mas também acompanha subliminarmente minha jornada com meu pai”, acredita Jaden, 14.

“Foi uma dinâmica muito incomum ter pai e filho interpretando pai e filho, e os dois são famosos”, afirma Shyamalan, que conta que ele e Will trabalharam juntos para tirar o melhor de Jaden.

Veja a entrevista completa no vídeo no topo da página.

* A jornalista viajou a convite da Sony Pictures