Vídeo de segurança mostra momento do acidente do ator Paul Walker

Do UOL, em São Paulo

O momento da colisão do carro em que estava o Paul Walker (da série "Velozes e Furiosos") foi registrado por uma câmera de segurança de uma indústria próxima ao local do acidente que vitimou o ator.

O vídeo (veja acima) obtido pelo site especializado em notícias TMZ mostra a batida (no canto direito da imagem), que fez com que o Porsche explodisse em chamas. Logo em seguida, vê-se uma segunda explosão lançando chamas para o alto.

Pelas imagens, não parece haver nenhum outro veículo imediatamente à frente ou atrás do carro em que estavam Walker e seu amigo, Roger Rodas, que dirigia. Uma das hipóteses inicialmente investigadas pela polícia era de que os dois amigos estivessem disputando um racha.

No entanto, a polícia emitiu um comunicado ao site The Wrap afirmando que não há testemunhos sobre um suposto segundo carro envolvido no acidente. Ainda de acordo com o comunicado, os relatos de pessoas que presenciaram o acidente dão conta de que o Porsche estava rodando sozinho, em alta velocidade. O Departamento de Polícia do Condado de Los Angeles também informo a revista "Variety" que o foco das investigações agora é a velocidade do veículo.

160 km/h

De acordo com informações de uma fonte da polícia ao site Radar Online, o Porsche que bateu provocando a morte do ator Paul Walker estava a mais de 160 km/h segundos antes do acidente. Walker morreu após o Porsche Carrera GT bater em um poste na cidade de Santa Clarita, na Califórnia, no último sábado (30). Ele tinha 40 anos.

De acordo com o site, o limite de velocidade no local é de 72 km/h.

Walker e o motorista do carro, Roger Rodas, morreram na hora. Segundo os investigadores, citados anonimamente pelo Radar Online, tanto o motorista quanto o passageiro usavam cinto de segurança.

De acordo com fontes do TMZ, especializado em celebridades, o local do acidente é conhecido pela disputa de corridas de rua.

O TMZ informa também que o local do acidente virou uma espécie de ponto de encontro para fãs da série "Velozes e Furiosos", que estariam fazendo manobras perigosas com carros e deixando marcas de pneu no asfalto.

Ainda segundo o TMZ, a morte do ator aconteceu porque o carro em que ele estava sofreu uma falha mecânica. A publicação ouviu fontes que trabalham na loja em que o veículo estava guardado e pela qual era mantido.

 Segundo o TMZ, é possível que o problema tenha sido um vazamento de fluido na maquinaria próxima à direção do veículo. Para as fontes, uma das evidências de que Roger Rodas, que dirigia o carro, não perdeu o controle, é que não há marcas de desvio de derrapagem na pista - as marcas na pista estão em uma linha reta.

Além disso, eles também apontam o comportamento do fogo após a explosão. Segundo o site, o fogo deveria acontecer antes na parte traseira do carro, onde o motor está. O fato de o incêndio ter acontecido na parte dianteira reforça a teoria de que houve realmente algum tipo de vazamento de fluído próximo à direção. Walker, que participava da filmagem do sétimo "Velozes e Furiosos", morreu aos 40 anos.

"Velozes e Furiosos 7"

O filme "Velozes e Furiosos 7", que estava em fase de filmagens quando o ator Paul Walker morreusofrerá um atraso, mas não será cancelado, informou o site The Hollywood Reporter. Walker reprisava sua atuação como Brian O'Conner, um ex-policial envolvido em corridas clandestinas de carros. 

O elenco do filme estava de folga por conta do feriado de Ação de Graças quando o ator morreu em um trágico acidente de carro, na Califórnia. A equipe deveria voltar no próximo domingo para o set na cidade de Atlanta, mas esses planos estão suspensos por enquanto.

O diretor e os executivos da Universal se reuniram também neste domingo para discutir a situação do filme e se haveria a necessidade de reescrever algumas partes para que o ator --um dos mais importantes da franquia-- seja retratado de maneira respeitosa.

O diretor ainda filmaria novas cenas em Abu Dhabi em janeiro, mas Walker, segundo o site, já havia filmado a maioria delas. Ainda não está confirmado a nova data de estreia do longa. Antes do acidente, o filme estava previsto para chegar às telas no dia 11 de julho de 2014.

Novo filme com Walker

Walker está em mais três filmes inéditos, "Brick Mansions", "Vehicle 19"e "Hours". Esse último, um drama que retrata um homem lutando para manter a filha recém-nascida viva durante a passagem do furacão Katrina chegará às telas no dia 13 de dezembro, conforme o previsto. O produtor Paul Presburger disse ao Hollywood Reporter disse que depois de muita discussão, decidiu-se manter a data de estreia. 

"Paul gostaria que seguíssemos em frente. Ele tinha muito orgulho deste projeto. Há duas semanas, fizemos uma coletiva de imprensa e ele estava muito animado para que as pessoas vissem esse filme. Ele buscava mostrar mais suas habilidades na atuação, o que raramente teve a chance de fazer", disse o produtor. 

Acidente 

O acidente que matou Walker e um amigo, identificado como Roger Rodas, CEO de uma das empresas de Walker, aconteceu em Valencia, na Califórnia. Os dois participavam de um evento beneficente, chamado "Reach Out Worldwide", que tinha como objetivo arrecadar fundos para as vítimas do tufão Haiyan, nas Filipinas.

O Porsche Carrera GT 2005 em que o ator e o amigo estavam bateu em um poste de luz e em uma árvore, pegando fogo na hora e matando os dois. O evento, do qual Paul participou, aconteceu em uma loja de carros de corrida próxima ao local. Os participantes correram para apagar as chamas com extintores de incêndio, mas sem sucesso.

Segundo o departamento de polícia do condado de Los Angeles, o acidente aconteceu por volta das 15h30 do sábado no horário local (21h30 de Brasília). A polícia de Santa Clarita, onde ocorreu o acidente, acredita que a velocidade foi um dos fatores do acidente.

"A velocidade foi um fator na colisão solitária do veículo", disse o Departamento de Polícia do Condado de Los Angeles, em nota. O policial Mark Pope disse que o caso está sendo investigado, e que ainda não se sabe a que velocidade o carro viajava.

De acordo com informações do site The Wrap, um porta-voz da polícia de Los Angeles informou que a necrópsia dos corpos de Walker e Rodas pode ser realizada já nesta terça. Os resultados não devem sair antes do fim da semana.

Repercussão

  • Reprodução/Facebook

    "Irmão, eu sentirei muito a sua falta. Estou absolutamente sem palavras. O paraíso ganhou um novo anjo. Descanse em paz", escreveu o ator Vin Diesel, ao se despedir do amigo Paul Walker

O ator Vin Diesel lamentou a morte precoce do amigo. "Irmão, eu sentirei muito a sua falta. Estou absolutamente sem palavras. O paraíso ganhou um novo anjo. Descanse em paz", escreveu Diesel ao publicar uma foto na rede social Instagram, ao lado de Paul.

"Eu estou muito além de ter um coração partido agora. Não consigo processar nada", declarou o diretor de "Velozes e Furiosos 7", James Wan.

"Meu coração está muito magoado, ninguém consegue me fazer acreditar que isso é real. Deus Pai, eu rezo para que você me dê clareza sobre isso, porque eu simplesmente não entendo. Meu coração dói, está partido, ninguém me convence que isso é real. Guerreiros da oração, por favor, rezem muito apenas pela filha dele e por sua família. Nós acabamos de comemorar seu aniversário de 40 anos. Meu Deus, meu Deus, não acredito que estou escrevendo isso", escreveu o ator Tyrese Gibson, o Roman de "Velozes e Furiosos".

Notícias relacionadas

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos