PUBLICIDADE
Topo

Com 2º "big five" de indicações, David O. Russell iguala gigantes do Oscar

Leonardo Rodrigues

Do UOL, de São Paulo*

16/01/2014 15h40

A comédia dramática “Trapaça”, de David O. Russell, que lidera com dez indicações a corrida pelo Oscar 2014, igualou o feito de “O Lado Bom da Vida” (2012), filme anterior do cineasta americano, indicado às cinco principais categorias do maior prêmio do cinema.

O longa estrelado por Christian Bale, Amy Adams, Bradley Cooper e Jennifer Lawrence concorre às estatuetas de melhor filme, diretor, ator, atriz e roteiro --o chamado “big five”. Também está na disputa de melhor ator e atriz coadjuvantes, além de melhor edição, figurino e direção de arte.

Com as indicações, Russell é agora o quarto diretor a conseguir o feito duas vezes, ao lado dos gigantes do cinema Mike Nichols (“A Primeira Noite de um Homem” e “Quem Tem Medo de Virginia Woolf?”), Billy Wilder ("Crepúsculo dos Deuses" e "Se Meu Apartamento Falasse") e Elia Kazan (“A Luz é Para Todos” e “Uma Rua Chamada Pecado”).

“Trapaça” é também o 42º filme da história a fazer a "quina" de indicações, em uma lista que inclui “Crepúsculo dos Deuses” (1950), “A um Passo da Eternidade” (1953), “Chinatown” (1974), “Rocky: Um Lutador” (1976) e “Noivo Neurótico, Noiva Nervosa” (1977). Apenas três deles, no entanto, conseguiram levar as cinco estatuetas: “Aconteceu Naquela Noite” (1934), “Um Estranho no Ninho” (1975) e "O Silêncio dos Inocentes" (1991).

O filme de Russell anterior a "O Lado Bom da Vida”, “O Vencedor” (2010), já havia passado perto do "big five", sendo lembrado em três das cinco categorias. Além delas, também conseguiu outras três indicações nas categorias de melhor ator (Christian Bale) e atriz coadjuvante (Amy Adams e Melissa Leo). Os últimos quatro filmes do cineasta renderam 11 indicações a estatuetas de atuação, mais do que qualquer outro diretor.

“Acho que Russell é uma espécie de 'metadiretor'. Ele realmente consegue entrar nos personagens. Enxergar pelos olhos deles", diz Amy Adams, indicada ao Oscar de melhor atriz coadjuvante por “O Vencedor", em entrevista ao UOL.

Grande vencedor do Globo de Ouro, com três troféus (comédia ou musical, melhor atriz de comédia ou musical),“Trapaça” foi indicado a nove Baftas e é um dos favoritos na cerimônia do Oscar, no próximo dia 2 de março.

* Colaborou Eduardo Graça, de Nova York.