PUBLICIDADE
Topo

Carrie Fisher morreu devido a parada cardíaca no hospital, diz site

A atriz Carrie Fisher na pré-estreia de "Star Wars: O Despertar da Força" (2015), em Londres - Reuters
A atriz Carrie Fisher na pré-estreia de "Star Wars: O Despertar da Força" (2015), em Londres Imagem: Reuters

Do UOL, em São Paulo

27/12/2016 22h28

Uma parada cardíada teria sido a responsável pela morte da atriz Carrie Fisher nesta terça-feira (27) em um hospital de Los Angeles, disseram fontes da família ao site de celebridades TMZ.

De acordo com as novas informações dadas ao site, a intérprete da Princesa Leia teria sofrido uma parada cardíaca – e não um infarto, como divulgado inicialmente pela imprensa – no voo entre Londres e Los Angeles na sexta-feira. Carrie estava entubada e respirando com ajuda de aparelhos na UTI.

Com o estado de saúde considerado estável, mas sem melhoras, a família da atriz teria considerado desligar os aparelhos, ainda segundo o TMZ, mas uma nova parada cardíaca a levou à morte.

Infarto e parada cardíaca não são sinônimos. O infarto acontece quando a circulação de sangue para uma parte do coração é interrompida, causando lesões no músculo cardíaco. A parada cardíaca é quando o coração simplesmente para de bater. A parada pode ser causada por infarto, mas também por outros motivos, como insuficiência cardíaca, arritmia ou embolia pulmonar.
 
A confirmação da morte de Carrie Fisher foi feita pela filha da atriz em comunicado divulgado por um porta-voz da família. "É com profunda tristeza que Billie Lourd confirma que sua amada mãe, Carrie Fisher, morreu às 8h55 desta manhã. Ela era amada pelo mundo e fará profunda falta. Toda nossa família agradece pelos pensamentos e preces."
 

A notícia da internação de Fisher, na última sexta-feira, pegou todos de surpresa. A atriz, que havia viajado a Londres para lançar seu livro de memórias e gravar cenas da série "Catastrophe", da Amazon, passou mal cerca de 15 minutos antes do pouso nos EUA. Segundo testemunhas, ela foi reanimada por um técnico de enfermagem ainda dentro da aeronave, mas teria ficado mais de dez minutos sem respirar.

Fisher foi levada para a UTI do UCLA Medical Center, em Los Angeles, mesmo hospital que atendeu Harrison Ford, o Han Solo da série, após um acidente de avião em 2015. Desde então, poucas informações haviam sido reveladas sobre o estado de saúde dela.

"Devastado", escreveu Mark Hammil, o Luke de "Star Wars", ao saber da notícia da morte. "Ela viveu a vida com coragem", disse Harrison Ford. Diversas outras celebridades lamentaram a morte da "princesa", incluindo William Shatner, de "Jornada nas Estrelas", Whoopi Goldberg e Ellen DeGeneres.

Bem além da Princesa Leia: a trajetória de Carrie Fisher no cinema

UOL Entretenimento