PUBLICIDADE
Topo

Marvel, fica de olho: DC quer expandir e planeja até quatro filmes por ano

Cena do filme "Mulher Maravilha", de Patty Jenkins, estrelado por Gal Gadot - Divulgação
Cena do filme "Mulher Maravilha", de Patty Jenkins, estrelado por Gal Gadot
Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

24/06/2017 08h56

"Mulher-Maravilha" botou um sorriso na cara da DC, tanto pelo sucesso nas bilheterias (US$ 609 milhões não é para qualquer um) quanto pela aceitação da crítica. A empresa que ano passado lançou os contestados "Batman Vs Superman: A Origem da Justiça" e "Esquadrão Suicida" pretende expandir cada vez mais o universo de seus heróis.

Segundo a "Screenrant" e o "The Wrap" apuraram, tudo indica que a companhia de quadrinhos quer desafiar suas maiores concorrentes no entretenimento. Em 2016, a Disney arrecadou impressionantes US$ 7 bilhões apenas nas bilheterias mundiais, principalmente com "Procurando Dory", "Zootopia", "Mogli: O Menino Lobo" e "Rogue One: Uma História Star Wars". 

Já a Marvel, apenas em "Capitão América: Guerra Civil" e "Doutor Estranho", levantou quase US$ 2 bilhões. E novidades das duas estão por vir nos meses seguintes, caso das franquias bilionárias"Star Wars: Os Últimos Jedi" (dezembro) e "Vingadores" (abril).

As apostas da DC estão começando a subir também. Em novembro chega aos cinemas "Liga da Justiça" e ano que vem o primeiro filme solo de Aquaman invade as telonas. 

Umberto Gonzales, do "The Wrap", falou no programa Heroic Insider um pouco mais sobre os planos da responsável pela série Batman. "Muitos me perguntam qual será o grande filme de 2018 e 2019. O que eu sei, de fato, é que a DC está tentando fazer de três a quatro filmes a partir do próximo ano".

E olha que franquias é o que não falta. "Batman" está confirmado para o próximo ano e outros projetos estão em produção, como "Mulher-Gato", "Mulher-Maravilha 2", "Esquadrão Suicida 2", "Flash" e "Lanterna Verde".

Fãs de super-heróis, aproveitem.