Filmes e séries

'Três anúncios para um crime" é favorito no SAG, termômetro do Oscar

Divulgação
Cena de "Três Anúncios para um Crime" Imagem: Divulgação

21/01/2018 14h29

A comédia de humor negro "Três Anúncios para um Crime" lidera a corrida da premiação do Sindicato de Atores dos Estados Unidos, os SAG Awards, que acontece neste domingo (21) e é considerada um termômetro para a festa do Oscar.

A produção de Martin McDonagh sai à frente com quatro indicações: melhor elenco, melhor atriz (Frances McDormand) e melhor ator coadjuvante (Woody Harrelson e Sam Rockwell).

O filme é favorito nas previsões do site especializado Gold Derby.

"Três anúncios para um crime" foi a produção mais premiada no Globo de Ouro, uma cerimônia muito famosa, mas que não serve de referência para o Oscar, enquanto os membros do Sindicato de Atores representam cerca de 1.200 dos aproximadamente 6.000 votantes da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas.

"Doentes de amor", "Corra!", "Lady Bird: é hora de voar" e "Mudbound: lágrimas sobre o Mississipi" também aspiram ao prêmio de melhor elenco, o mais importante da noite.

A aclamada produção do mexicano Guillermo del Toro "A forma da água" liderou as indicações ao Globo de Ouro, com sete, mas recebeu apenas duas para os SAG.

Na parte televisiva, três séries ficaram empatadas na liderança com quatro indicações cada uma: "Big Little Lies", da HBO, "Stranger Things" e "GLOW", as duas últimas da Netflix e também indicadas por sua equipe de dublês.

- 'Poder das mulheres' -Na categoria de melhor ator, a revelação Timothée Chalamet foi indicado por "Me chame pelo seu nome".

Disputa o prêmio com James Franco ("Artista do desastre"), Daniel Kaluuya ("Corra!"), Gary Oldman ("O destino de uma nação") e Denzel Washington ("Roman J. Israel, Esq.").

Para o prêmio de melhor atriz, junto com McDormand competem Judi Dench ("Victoria e Abdul: o confidente da rainha"), Sally Hawkins ("A forma da água"), Margot Robbie ("Eu, Tonya") e Saoirse Ronan ("Lady Bird: é hora de voar").

A cerimônia do Oscar será realizada em 4 de março em um momento em que Hollywood está envolvida no pior escândalo de assédio e abuso sexual de sua história.

Por conta disto, os organizadores do SAG prometeram uma noite sob o "poder das mulheres" e em homenagem aos movimentos Time's Up e #MeToo contra os abusos na indústria.

A atriz Kristen Bell será a anfitriã da cerimônia, e os prêmios serão entregues por suas colegas Halle Berry, Dakota Fanning, Lupita Nyong'o e Emma Stone.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Reuters
AFP
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Barcinski
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Roberto Sadovski
AFP
AFP
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Da Redação
Topo