Informações sobre o álbums
  • editoria:Especial
  • galeria: Altos e baixos da carreira de Nicole Kidman no cinema
  • link: http://cinema.uol.com.br/album/altos_e_baixos_nicole_kidman_album.htm
  • totalImagens: 15
  • fotoInicial: 15
  • imagePath: http://ci.i.uol.com.br/album/
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20130304155505
Fotos
<b>Foi mal: "Batmam Eternamente"</b> (1995)<br>Os filmes do Homem-Morcego podem ser classificados por seus diretores: Tim Burton (médio), Joel Shumacher (ruim) e Christopher Nolan (bom). Quando Bruce Wayne foi loiro, interpretado por Val Kilmer, e fazia par romântico com Nicole Kidman, o homem atrás das câmeras era Shumacher Foto: Divulgação/Texto: Edu Fernandes Mais
<b>Foi bem: "De Olhos Bem Fechados"</b> (1999)<br>No último filme de Stanley Kubrick, Nicole contracenou com seu marido na época, Tom Cruise. "De Olhos Bem Fechados" é quase surreal e [b]Foi um grande desafio para os atores Foto: Reprodução/Texto: Edu Fernandes Mais
<b>Foi bem: "Moulin Rouge"</b> (2001)<br>O musical que mescla muitas canções pop está na lista dos favoritos de muitos amantes do gênero. Até hoje, dez anos depois de seu lançamento, não é possível ouvir "Your Song", de Elton John, e não lembrar do par vivido por Nicole Kidman e Ewan McGregor Foto: Divulgação/Texto: Edu Fernandes Mais
<b>Foi bem: "As Horas"</b> (2002)<br>Para ganhar o Oscar, Nicole Kidman usou uma tática que costuma dar certo para outras belas atrizes. Ela usou prótese no nariz para ficar feia e mais parecida com a autora Virginia Woolf Foto: Divulgação/Texto: Edu Fernandes Mais
<b>Foi bem: "Os Outros"</b> (2002)<br>O suspense cheio de tensão fez muita gente pular na poltrona. O final surpreendente é a cereja no topo do bolo Foto: Reprodução/Texto: Edu Fernandes Mais
<b>Foi bem: "Dogville"</b> (2003)<br>Trata-se do filme mais ousado do já corajoso diretor Lars von Trier. Em muitos momentos, a atuação precisa dar conta de suprir a falta de cenário. Bjork, que tinha trabalhado com Trier em "Dançando no Escuro", aconselhou Nicole sobre o temperamento difícil do cineasta nórdico. Kidman resolveu arriscar e entregou um trabalho elogiável, mas jurou nunca mais trabalhar com Trier Foto: Divulgação/Texto: Edu Fernandes Mais
<b>Foi médio: "Revelações"</b> (2003)<br>Nicole fez par romântico com Anthony Hopkins em um filme que poucas pessoas assistiram. Desses, quase ninguém lembra Foto: Divulgação/Texto: Edu Fernandes Mais
<b>Foi médio: "Mulheres Perfeitas"</b> (2004)<br>Refilmagem do filme homônimo de 1975, Nicole Kidman e Matthew Broderick vivem um casal que se muda para um condomínio bem estranho. Lá, as esposas se comportam como se vivessem nos anos 50 Foto: Divulgação/Texto: Edu Fernandes Mais
<b>Foi mal: "A Feiticeira"</b> (2005)<br>Um ator (Will Ferrell) irá contracenar com uma bruxa de verdade (Nicole Kidman) em uma nova versão do seriado "A Feiticeira". É claro que ele não sabe dos poderes de sua parceira de tela. O filme foi muito mal recebido, tanto pelo público como pela crítica Foto: Divulgação/Texto: Edu Fernandes Mais
<b>Foi mal: "A Pele"</b> (2006)<br>Nicole Kidman interpreta a fotógrafa Diane Arbus, que gostava de retratar pessoas com doenças raras, como seu vizinho (Robert Downey Jr.) que tem pelos por todo o corpo. Na maior parte do filme, a protagonista fica fascinada por seus modelos e a história não se desenvolve Foto: Divulgação/Texto: Edu Fernandes Mais
<b>Foi mal: "A Bússola de Ouro"</b> (2007)<br>A ideia era realizar uma trilogia de fantasia, como o livro no qual o filme é baseado. O resultado foi tão ruim que qualquer plano de filmar as sequências teve de ser cancelado Foto: Divulgação/Texto: Edu Fernandes Mais
<b>Foi médio: "Invasores"</b> (2007)<br>Nicole interpreta uma psiquiatra que pesquisa com um amigo (Daniel Craig) a cura para uma epidemia de origem extraterrestre. Trata-se da quarta adaptação do livro de Jack Finney Foto: Divulgação/Texto: Edu Fernandes Mais
<b>Foi mal: "Austrália"</b> (2008)<br>Depois do sucesso de "Moulin Rouge", Nicole junta-se mais uma vez ao diretorBaz Luhrmann. Ao lado de Hugh Jackman, ela vive uma inglesa que herdou uma fazenda. Ela precisa salvar a propriedade, mas é difícil torcer por uma personagem rica que quer ficar mais rica Foto: Divulgação/Texto: Edu Fernandes Mais
<b>Foi bem: "Reencontrando a Felicidade"</b> (2010)<br>Depois de muitos filmes fracos, Nicole Kidman atacou de produtora e atriz principal no drama de uma mãe que perde o filho. Seu marido é interpretado por Aaron Eckhart. A atuação na medida certa foi reconhecida e ela foi indicada ao Oscar por seu trabalho Foto: Divulgação/Texto: Edu Fernandes Mais
<b>Foi bem:</b> "Esposa de Mentirinha"[/b] (2011)<br>Em uma participação especial bem pequena na comédia romântica estrelada por Jennifer Aniston e Adam Sandler, Nicole Kidman consegue participar de algumas das cenas mais engraçadas Foto: Divulgação/Texto: Edu Fernandes Mais

Altos e baixos da carreira de Nicole Kidman no cinema

Veja mais:

Últimos álbuns de Cinema

UOL Cursos Online

Todos os cursos