Informações sobre o álbums
  • editoria:Especial
  • galeria: Meryl Streep e o Oscar
  • link: http://cinema.uol.com.br/album/meryl-streep-oscar_album.htm
  • totalImagens: 17
  • fotoInicial: 17
  • imagePath: http://ci.i.uol.com.br/album/
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20130304155917
    • Oscar [7714]; Oscar 2012 [54477];
Fotos
Meryl Streep teve seu primeiro grande papel no cinema ao lado de Robert De Niro em "O Franco Atirador" (1978), de Michael Cimino, que lhe rendeu sua primeira indicação ao Oscar de atriz coadjuvante Divulgação Mais
Streep ganhou um Oscar de melhor atriz coadjuvante por "Kramer vs. Kramer" (1979), de Robert Benton, em que batalha na justiça com o personagem de Dustin Hoffmann pelo filho do casal Divulgação Mais
A terceira indicação ao Oscar - a primeira como protagonista - veio com "A Mulher do Tenente Francês" (1981), de Karel Reisz, em que contracena com Jeremy Irons como um casal de atores Divulgação Mais
Streep ganhou seu segundo Oscar - primeiro como protagonista - com a sobrevivente de um campo de concentração nazista de "A Escolha de Sofia" (1982), de Alan J. Pakula Divulgação Mais
"Silkwood - O Retrato de uma Coragem" (1983), de Mike Nichols, rendeu mais uma indicação ao Oscar de melhor atriz a Streep, que interpreta uma operária que arrisca a vida para denunciar práticas insalubres em uma usina nuclear Divulgação Mais
A atriz teve mais uma performance digna de indicação ao Oscar em "Entre Dois Amores" (1985), de Sidney Pollack, contracenando com Robert Redford Divulgação Mais
O cineasta naturalizado brasileiro Hecto Babenco dirigiu Streep em mais uma atuação que lhe valeu uma indicação ao prêmio da Academia em "Ironweed" (1987) Divulgação Mais
Mais uma indicação da Academia veio quando Streep interpretou uma mãe acusada da morte da filha em "Um Grito no Escuro" (1988), de Fred Schepisi Divulgação Mais
O papel de uma atriz viciada em drogas em "Lembranças de Hollywood" (199), de Mike Nichols, rendeu a Streep mais uma indicação ao Oscar de melhor atriz Divulgação Mais
Foi com um filme dirigido e estrelado por Clint Eastwood, o romance "As Pontes de Madison" (1995), que Streep recebeu sua décima indicação ao Oscar de melhor atriz Divulgação Mais
Como a mãe doente de Renée Zellweger em "Um Amor Verdadeiro" (1998), de Carl Franklin, Streep foi indicada mais uma vez ao prêmio da Academia Divulgação Mais
A luta de uma professora para ensinar violino a estudantes do Harlem, em "Música do Coração" (1999), de Wes Craven, rendeu mais uma indicação ao Oscar à atriz Divulgação Mais
Streep recebeu mais uma indicação ao Oscar de atriz coadjuvante com "Adaptação" (2002), de Spike Jonze, em que a atriz vive uma escritora que tem seu livro adaptado para o cinema Divulgação Mais
A editora-chefe intratável de uma importante revista de moda em "O Diabo veste Prada" (2006), de David Frankel, rendeu à atriz mais uma indicação ao prêmio de melhor atriz Divulgação Mais
Como a severa diretora de um colégio católico, Streep foi mais uma vez indicada ao prêmio da Academia por "Dúvida" (2008), de John Patrick Shanley Divulgação Mais
A história da simpática conzinheira Julia Child em "Julie & Julia" (2009), de Nora Ephron, rendeu a Streep mais uma indicação ao Oscar Divulgação Mais
O papel da ex-primeira-ministra britânica Margaret Thatcher em "A Dama de Ferro" (2011), de Phyllida Lloyd, rendeu a Streep sua mais recente indicação ao Oscar - a 17ª de sua carreira Divulgação Mais

Meryl Streep e o Oscar

Veja mais:

Últimos álbuns de Cinema

UOL Cursos Online

Todos os cursos