Feliz que Minha Mãe Esteja Viva

A identidade é um pedaço de nossa roupa desenhada por nossa infância. Aqueles que nos trouxeram ao mundo, nossos pais, criam a base de quem nós realmente somos. Mas o que acontece quando há a ausência de um dos pais? Essa é uma das questões da história. Dos 7 aos 20 anos, Thomas procurou por Julie, sua mãe biológica. Sem contar aos seus pais adotivos, ele volta aos braços da mulher que o abandonou aos 4 anos e inicia uma vida secreta.

Nome original:
Je suis heureux que ma mère soit vivante
Diretor:
Claude Miller, Nathan Miller
Elenco:
Vincent Rottiers, Sophie Cattani, Christine Citti, Yves Verhoeven, Maxime Renard, Olivier Guéritée, Ludo Harley, Gabin Lefebvre
Duração:
90 min.
Ano:
2009
Data da estreia:
Classificação:
4
País:
França
Cor:
Colorido

UOL Cursos Online

Todos os cursos