Globo de Ouro

Seal alfineta Oprah ao sugerir que ela sabia de abusos de Harvey Weinstein

Kevin Winter/Getty Images
Harvey Weinstein e Oprah Winfrey participam de premiere de filme em Los Angeles, em 2007 Imagem: Kevin Winter/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

11/01/2018 20h21

Seal botou lenha na fogueira ao alfinetar Oprah Winfrey após o discurso da apresentadora condenando assediadores no Globo de Ouro. O cantor publicou uma montagem em suas redes sociais que mostra a apresentadora em duas ocasiões trocando confidências com Harvey Weinstein, poderoso produtor que desencadeou a onda de denúncias de assédio sexual na indústria do cinema. "Quando você tem feito parte do problema há décadas, mas, de repente, todos pensam que você é a solução", diz o texto sobre as fotos da montagem. Mais direto, impossível.

Mas o cantor britânico não economiza na alfinetada e continua na legenda da publicação: "Ah, eu esqueci, é verdade… você já ouviu os boatos, mas você não fazia ideia de que ele estava abusando de jovens e promissoras atrizes que, por sua vez, não sabiam no que estavam se metendo. Foi mal".

Desde que discursou após receber uma homenagem na cerimônia do Globo de Ouro, no domingo, Oprah Winfrey tem sido até cotada para virar presidente dos Estados Unidos, com forte apoio inclusive de pessoas do meio artístico, como Meryl Streep. 

Em seu discurso, a apresentadora lembrou as mulheres anônimas que, como sua mãe, suportaram caladas muitos abusos. Por tempo demais, as mulheres não foram ouvidas ou receberam crédito quando ousaram falar a verdade sobre esses homens poderosos, mas o tempo deles acabou", disse Oprah, citando o slogan do movimento Time's Up, criado para dar apoio a vítimas de abuso e assédio sexual.

Oprah, assim como quase todas os outros grandes poderosos da indústria do entretenimento nos Estados Unidos, mantinha uma relação próxima e amigável com Harvey Weinstein antes de a enxurrada de denúncias de assédio contra o produtor virem à tona. Ela não é a primeira a ser atacada pela proximidade com Weinstein. Em dezembro, cartazes com fotos de Meryl Streep ao lado do todo poderoso de Hollywood e a faixa "ela sabia" foram espalhados na ruas de Los Angeles. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

do UOL
do UOL
Slate
BBC
do UOL
AFP
Reuters
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
AFP
Topo