PUBLICIDADE
Topo

Oito filmes que naufragaram nas bilheterias, mas viraram clássicos "cult"

Cenas dos filmes "Howard, O Super-herói", "Mamãezinha Querida", "Donnie Darko" e "Scott Pilgrim Contra o Mundo" - Reprodução/Montagem
Cenas dos filmes "Howard, O Super-herói", "Mamãezinha Querida", "Donnie Darko" e "Scott Pilgrim Contra o Mundo" Imagem: Reprodução/Montagem

Do UOL, em São Paulo

17/05/2017 04h00

Alguns aparecem na lista de piores filmes da história. Outros até obtiveram críticas positivas na época do lançamento. Em comum: todos foram fracassos retumbantes de bilheteria. Como tudo na vida tem um lado bom, esses filmes aos poucos foram ganhando status de clássico “cult”, com fãs espalhados pelo mundo. Foi o que aconteceu, por exemplo, com “Howard, O Super-herói” e “Showgirls”. Veja abaixo outros longas que fracassaram quando lançados, mas triunfaram com o tempo.

  • Reprodução

    "Howard, O Super-herói" (1986)

    Esse filme de 1986 foi um completo fiasco de público, considerada uma das piores produções da história. Apesar das críticas negativas, a adaptação da história em quadrinhos da Marvel é hoje considerada um exemplo de "cinema trash" involuntário. Tem inúmeros admiradores. Na época, porém, o pato alienígena acabou levando o prêmio de pior filme no Framboesa de Ouro, que homenageia os piores de Hollywood.

  • Reprodução

    "Showgirls"

    "Showgirls" foi indicado a 13 categorias no Framboesa de Ouro de 1996, vencendo sete prêmios, incluindo o de pior filme. Ganhou ainda os troféus de pior atriz (Elizabeth Berkley), pior diretor (Paul Verhoeven), pior roteiro, pior atriz estreante (Elizabeth Berkley), pior música original ("Walk into The Wind") e pior casal (qualquer um no filme). Na época, o longa faturou US$ 20,4 milhões nas bilheterias nos EUA, muito abaixo do que havia custado. Poucos imaginariam que, anos depois, tanta gente gostaria de rever a história da stripper fictícia Nomi Malone.

  • Reprodução

    "Mamãezinha Querida" (1981)

    E quem não lembra de "Mamãezinha Querida"? O filme dirigido por Frank Perry arrecadou apenas US$ 19 milhões quando foi lançado. A trama foi destruída pela crítica, levando cinco prêmios no Framboesa de Ouro de 1982, incluindo pior filme e atriz (Faye Dunaway). Atualmente, o drama biográfico da atriz Joan Crawford atualmente é visto com outros olhos.

  • Reprodução

    "O Príncipe Guerreiro" (1982)

    A história naufragou na época com bilheteria de apenas US$ 14 milhões (valor ajustado). Apesar das críticas vorazes, o longa do diretor Don Coscareli se transformou em um dos filmes mais influentes de sua época, inspirando adaptações de séries para a TV. Ainda teve duas sequências: "O Príncipe Guerreiro II - Através do Portal do Tempo" (1991) e "O Príncipe Guerreiro III: O Olho do Mal" (1996).

  • Reprodução

    "The Room" (2003)

    Essa produção já foi apontada por críticos como o pior filme de todos os tempos. Com orçamento de US$ 6 milhões, arrecadou pouquíssimo na época. Provavelmente, ter sido chamada de pior da história ajudou a obra do diretor Tommy Wiseau a se tornar popular e cultuada por fãs no mundo. Não por acaso, "The Room" chegou a ser um dos filmes independentes mais vendidos da Amazon.com.

  • Reprodução

    "Scott Pilgrim Contra o Mundo" (2010)

    O filme do diretor Edgar Wright teve um desempenho ruim quando estreou nos EUA. Baseado nos quadrinhos, "Scott Pilgrim Contra o Mundo" arrecadou US$ 47 milhões, pouco mais da metade do que custou (entre produção e divulgação). Isso, no entanto, não o impediu de ser apropriado fortemente pela cultura "geek". Na época do lançamento em DVD, por exemplo, o filme evaporou das lojas.

  • Reprodução

    "Donnie Darko" (2001)

    Dirigida por Richard Kelly, a história lançou o novato ator Jake Gyllenhaal no papel do jovem problemático que recebia visitas misteriosas de um coelho gigante chamado Frank, em meio a uma série de eventos bizarros. Foi um completo fracasso nos EUA e rendeu apenas US$ 514 mil em bilheteria, contra um orçamento de US$ 4,5 milhões. O lançamento em home vídeo deu nova vida ao filme.

  • Reprodução

    "Clube da Luta" (1999)

    Muitos podem não saber, já que este é daqueles filmes tão amados, mas, na época do lançamento, "Clube da Luta" fracassou nas bilheterias. O longa do diretor David Fincher, que contava com estrelas como Brad Pitt e Edward Norton, arrecadou US$ 37 milhões, ante orçamento de US$ 63 milhões. Assim, como "Scott Pilgrim Contra o Mundo" e "Donnie Darko", fez enorme sucesso na versão caseira.