PUBLICIDADE
Topo

"As aventuras de Tintim" chega aos EUA

14/12/2011 12h05

Depois do sucesso na Europa, Oriente Médio e Ásia, o filme em três dimensiones "As Aventuras de Tintim", de Steven Spielberg desembarca nos Estados Unidos para as festas de fim de ano, e espera repetir o êxito. A estreia nos Estados Unidos acontecerá em 21 de dezembro, mas no Brasil o longa-metragem só chega aos cinemas no dia 20 de janeiro.

Criado em 1929 pelo belga Hergé (Georges Remi), então na casa dos 20 anos, os quadrinhos de Tintim viraram objeto de adoração para milhões de leitores em todo o mundo.


Mas o célebre repórter é bem menos conhecido nos Estados Unidos, o que levou os produtores a efetuar algumas modificações: o cão Milu passa a chamar-se Snowy (nevado) e os Dupont são Thompson e Thompson.

Spielberg, fã de Tintim há 30 anos, demonstra confiança. "É apenas prazer, diversão. Uma aventura na qual queria que todos embarcassem", explicou o cineasta no fim de semana passada durante uma entrevista coletiva em Nova York.

"É um filme sobre a importância de saber quem são seus amigos, sobre a importância de permanecer fiel a eles, um filme sobre a amizade e a confiança".

"Tintim é um farol de excelência para as crianças, uma bússola moral que aponta o bom caminho", declarou o ator Jamie Bell, que interpreta o personagem.

"As Aventuras de Tintim" estreou em Bruxelas em 10 de outubro e em grande parte da Europa, Oriente Médio e na Índia. O filme já arrecadou 233 milhões de dólares.

A equipe de produção respeitou ao pé da letra a parte gráfica de Hergé, com quem Spielberg entrou em contato pela primeira vez em 1983, pouco antes de sua morte.

O roteiro é baseado em três quadrinhos de Tintim e os personagens são o mais próximo possível da realidade, o que leva o espectador a esquecer em alguns momentos que assiste um filme de animação.

Tintim enfrentará uma forte concorrência nos Estados Unidos, com outros filmes de animação como "Muppets", "Happy Feet 2" e "Operação Presente".

Além disso, o momento não é fácil para a indústria cinematográfica: o último fim de semana foi o pior em termos de vendas desde 2008, com uma redução de 5% em ritmo anual no comparecimento às salas.

Apesar dos riscos, Spielberg já confirmou que Tintim terá uma segunda aventura no cinema.