Filmes e séries

Catherine Deneuve completa 70 anos e estrela comédia escrita para ela

Thomas Peter/Reuters
Catherine Deneuve estrela filme "Ela Vai" Imagem: Thomas Peter/Reuters

Paris (França)

A atriz francesa Catherine Deneuve, a inesquecível loira sensual do clássico "A Bela da Tarde", completa 70 anos e, para muitos, ainda é o rosto do cinema francês.

Seu cabelo dourado ainda é exuberante e sensual, como pode ser visto no seu filme mais recente, "Ela vai", da jovem diretora Emmanuelle Bercot, uma comédia leve e escrita especialmente para ela. A atriz completa sete décadas na próxima terça-feira (22).

No filme, Deneuve interpreta a dona de um restaurante que, de repente, decide abandonar sua vida cotidiana. A trama da comédia mostra supostas fotos da juventude de uma mulher que já foi a rainha da beleza na Grã-Bretanha. "A beleza não tem idade. Você ainda continuará sendo bela, mesmo no caixão", diz um admirador, no filme.

"Ela é linda como a morte e fria como a virtude", afirmou Luis Buñuel, o diretor que, apesar de sua difícil relação com a atriz, fez dela mundialmente famosa ao dirigi-la em "A Bela da Tarde", obra em que Deneuve interpreta uma senhora possuída por fantasias eróticas, que decide trabalhar em um bordel.

"Não é fácil aceitar que você está envelhecendo, é claro. Muito menos para uma atriz. Porém, não é uma obsessão para mim. Tudo ainda pode acontecer. Há histórias de amor que ocorrem em casas de repouso para idosos. Os velhos também se apaixonam", disse a atriz na edição deste ano do Festival de Berlim.

Deneuve chegou ao cinema por acaso. Seu encontro, aos 20 anos, com Jacques Demy, que ofereceu a ela o papel principal em "Os guarda-chuvas do Amor", a elevou ao patamar de estrela de cinema.

A partir daí, graças à sua beleza fria à la Greta Garbo, comparável à das atrizes de Hitchcock, ela passou a atuar em grandes produções dos maiores nomes do cinema, como François Truffaut, Luis Buñuel e Roman Polanski, mas também de jovens de cineastas, como Arnaud Desplechin e Emmanuelle Bercot.

No total, foram cerca de 120 filmes, sem nunca se afastar da telona em 50 anos de carreira.

A atriz também foi dirigida por Manoel de Oliveira, Marcel Camus, Dino Risi, Agnès Varda, André Téchiné, Hugo Santiago, Raul Ruiz e Lars von Trier, entre outros, e se arrependeu de não ter trabalhado com Stanley Kubrick, o célebre diretor de "Laranja Mecânica".

Consagrada como a mulher mais bonita do mundo pela revista norte-americana "Look", a musa de Yves Saint-Laurent simboliza a elegância francesa e é uma das poucas atrizes da França ao figurar na "Calçada da Fama" de Hollywood.

Apesar de ser muito discreta sobre sua vida privada, Deneuve não perde a oportunidade de dar suas opiniões. "Com Deneuve não se brinca", disse Fabrice Luchini. "Ou ela gosta ou não gosta de alguma coisa".

Deneuve é mãe de dois filhos, Christian Vadim, com o diretor Roger Vadim, e Chiara Mastroianni, fruto do seu amor com o grande Marcello.

"O que é felicidade? Para mim, essa palavra tem a ver com a infância. Apenas as crianças são felizes porque não precisam se preocupar. Por isso, a felicidade não é um estado permanente, são bons momentos e nada mais", disparou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
EFE
EFE
do UOL
do UOL
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
EFE
EFE
Colunas - Flavio Ricco
Blog do Barcinski
Roberto Sadovski
redetv
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Jogos
Reuters
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
AFP
Reuters
do UOL
Reuters
do UOL
Da Redação
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
Roberto Sadovski
Blog do Matias
do UOL
AFP
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Roberto Sadovski
Topo