Filmes e séries

Helen Mirren estrela comédia produzida por Spielberg e Oprah Winfrey

Getty Images
Helen Mirren protagoniza a comédia "A 100 Passos de um Sonho", que tem produção de Steven Spielberg e Oprah Winfrey Imagem: Getty Images

De Los Angeles (Estados Unidos)

21/08/2014 12h05

Com produção de Steven Spielberg e Oprah Winfrey e protagonizado pela britânica Helen Mirren, a comédia "A 100 Passos de um Sonho" mostra a cozinha como um choque de culturas e um ponto de encontro.

O filme, adaptação do livro de Richard Morais "The Hundred Foot Journey", tem direção do sueco Lasse Hallström e previsão de estreia nos cinemas do Brasil para 28 de agosto. A comédia conta a história de uma família de cozinheiros da Índia cujo restaurante é incendiado em um ataque anti-islâmico e decide emigrar.

Após uma escala em Londres, onde o jovem chef Hassan (Manish Dayan) estabelece que "as verduras não têm alma", a família decide mudar-se para uma pequena cidade francesa digna de cartão postal: Saint-Antonin.

Na localidade, a família abre um novo restaurante, "Maison Mumbai", diante do "Saule Pleureur", um local que tem uma estrela no Guia Michelin e é comandado por Madame Mallory (Helen Mirren).

Entre pombos assados e frangos tandoori, nasce um duelo de civilizações com as tensões raciais na França como pano de fundo.

O filme segue a mesma receita de "Chocolate" (2000), longa-metragem de maior bilheteria da carreira de Hallström, diretor de filmes como "Minha Vida de Cachorro" (1985), "Gilbert Grape: Aprendiz de Sonhador"(1993) e "Regras da Vida" (1999).

Enquanto o filme, que tem distribuição dos estúdios Disney, desenvolve a trama, leva aos espectadores o desejo de visitar os Pirineus e provoca água na boca com pratos exóticos, tortas e carnes. Tudo isto com uma trilha sonora que vai da Marselhesa à música bhangra.

Entre bandejas de aperitivos e piqueniques ao ar livre, o filme não aproveita todo o carisma de seus intérpretes. Apesar dos diálogos divertidos, o roteiro é bastante convencional.

A vencedora do Oscar Helen Mirren faz uma boa paródia da idosa francesa que defende suas tradições ("Aqui a cozinha não é um casamento velho e cansado, é um romance apaixonado romance") e não esconde a arrogância ("Se a sua cozinha se parece com a sua música, sugiro que baixe o volume").

"O filme é uma declaração de amor a França", disse à AFP a coprodutora Juliet Blake. "Não é apenas uma história sobre a comida, e sim sobre as pessoas sentadas ao redor da mesa. Cozinhar é um grande igualador, você pode atravessar fronteiras e culturas. Todos somos imigrantes. Se não em nossa geração, em alguma anterior à nossa", afirmou.

Depois de ler o livro e ficar apaixonada pela história, Juliet Blake comprou os direitos para uma adaptação cinematográfica e propôs o projeto à rainha do entretenimento nos Estados Unidos, Oprah Winfrey, que entrou no projeto, e depois a Dreamworks, produtora de Steven Spielberg. "Steven se envolveu muito no filme, sobretudo no elenco", revela a coprodutora. "Foi ele quem sugeriu que Manish Dayal interpretasse Hassan".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

EFE
do UOL
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
EFE
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
AFP
Cinema
do UOL
do UOL
Cinema
BBC
do UOL
EFE
Cinema
do UOL
do UOL
AFP
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
Topo