Topo

Filmes e séries

Brasil tem forte presença no Festival de Cinema de Toulouse

Divulgação
Cena do filme "Era o Hotel Cambridge", de Eliane Coster Imagem: Divulgação

Paris (FRA)

17/03/2017 12h49

O Festival de Cinema de Toulouse foca a partir desta sexta-feira (17) nos principais contrastes da América Latina, com vários documentários e obras de ficção abordando a temática feminina e indígena.

"Há uma grande variedade. Isso é um reflexo dos contrastes, da diversidade. Procuramos oferecer um panorama verdadeiramente amplo", explicou Eva Morsch, encarregada da programacão do evento.

O Brasil estará representado na mostra competitiva dos longas-metragens com "Era o Hotel Cambridge", de Eliane Caffé, e "Não Devore meu Coração", de Felipe Bragança.

Nos documentários estão "Histórias que nosso Cinema (Não) Contava", de Fernanda Pessoa, e "Sexo, Pregações e Política", de Aude Chevalier-Beaumel e Michael Gimenez. Competindo nos curtas, "Rosinha", de Gui Campos.

"Sábado Morto", de Leonardo Lacca, e "Meio-Irmão", de Eliane Coster, participam no evento "Cinéma en Développement".

O festival Cinelatino de Toulouse prestará este ano homengem ao "Caliwood", um movimento de vanguarda colombiano da década de 1970, com a presença de um de seus expoentes e quase único sobrevivente, Luis Ospina.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!