Cinema

Johnny Depp brinca que foi atacado por um chupa-cabra no Japão

Eugene Hoshiko/AP Photo
O ator Johnny Depp posa em sessão de fotos do filme "Mortdecai" em Tóquio imagem: Eugene Hoshiko/AP Photo

De Tóquio (Japão)

Johnny Depp está se recuperando de um resfriado. E de um ataque de chupa-cabra.

TO ator de 51 anos era só sorrisos enquanto fazia piadas para jornalistas nesta quarta-feira, em Tóquio, explicando por que não apareceu para uma entrevista coletiva no dia anterior. Depp explicou que estava doente, mas disse que essa não era a razão.

"Eu fui atacado na manhã de ontem por um animal muito raramente visto, chamado chupa-cabra. Eu lutei com ele por horas. Eles são muito persistentes, muito maus. E eu tenho certeza de que ele veio na minha mala. Eu o joguei do 23° andar. Então, nunca mais o veremos. Obrigado pela compreensão", disse.

O chupa-cabra é uma criatura lendária, sobre a qual há boatis em várias partes das Américas.

A história de Depp arrancou risadas da multidão de jornalistas.

Quando perguntado o que o personagem-título de seu mais recente filme faria se ele estivesse no quarto, Depp canalizou o personagem e respondeu: "Ele provavelmente diria algo como 'Tudo bem? Meu nome é Charlie Mortdecai e vim aqui para tirar o máximo possível de dinheiro de você, e jóias e arte, e outras coisas".

Mais de 200 jornalistas foram deixados à espera por uma hora antes que organizadores cancelacessem o evento de terça-feira porque Depp estava doente.

"Mortdecai - A Arte da Trapaça", uma comédia de roubo excêntrica, afundou nas bilheterias, fazendo cerca de US$ 4,1 milhões nos Estados Unidos e US$ 5.200 em outros mercados na semana passada.

Depp tem uma enorme base de fãs no Japão e disse que espera que o filme seja bem recebido no país.

"Mortdecai" será lançado no Japão no dia 6 de fevereiro e chega ao Brasil em 5 de março.

Trailer de "Mortdecai" em inglês

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo