Cinema

Filme "Lula, o Filho do Brasil" é arma para a campanha, diz Economist

Uma reportagem publicada nesta quinta-feira na revista britânica The Economist afirma que o filme Lula, o Filho do Brasil é uma arma para a campanha para as próximas eleições presidenciais. O título do artigo Lula, Desinfetado, é uma referência ao que o autor considerou uma versão menos fiel à realidade que é mostrada na tela.
  • Divulgação

    No filme, Lula é interpretado pelo ator Rui Ricardo Diaz


"Ele é muito bom para ser verdade: estudante perfeito, marido perfeito e um político moderado que rejeita a violência", diz o artigo, falando da trama. "É uma pena. Uma versão com mais nuances não diminuiria a formidável trajetória e as conquistas de Lula".

A revista nota que o filme vem atraindo mais público no nordeste do que no sudeste, assim como a provável candidata apoiada por Lula, Dilma Rousseff.

"Beneficiar-se de um pouco do carisma de Lula é a maior esperança para Dilma chegar à presidência em outubro e há sinais de que isso já esteja acontecendo", afirma o artigo.

[rodbbce]

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo