Cinema

Furio Scarpelli, roteirista brilhante da comédia italiana, morre aos 90 anos

Roma - O roteirista italiano Furio Scarpelli, autor junto com Agenore Incrocci, conhecido com Age, de clássicos da "comédia à italiana", morreu hoje aos 90 anos. Por trás das dezenas de filmes que deram origem ao gênero nos anos 50 e 60 estava a dupla de roteiristas Scarpelli e Age, que morreu em 2005. Os dois colaboraram com diretores como Dino Risi e Mario Monicelli.

Scarpelli nasceu em 1919 e começou a trabalhar como ilustrador para revistas de humor, onde conheceu Age, que se tornaria um grande amigo e parceiro de profissão. A intensa relação profissional começou em 1949, quando assinaram o roteiro do filme "Totò Procura Casa".

Juntos escreveram os roteiros dos filmes mais representativos da comédia italiana como "La Banda degli Onesti" (1956), dirigido por Camillo Mastrocinque; ou "Nata di Marzo"(1957), de Antonio Pietrangeli.

Também assinou roteiros de sucesso internacional como "Os Eternos Desconhecidos" (1958), "A Grande Guerra" (1959) ou "O Incrível Exército de Brancaleone" (1966), dirigidos por Mario Monicelli; além de "A Marcha sobre Roma" (1962), "Os Monstros" (1963) ou "Em Nome do Povo Italiano" (1971), de Dino Risi. Scarpelli e Age foram, além disso, roteiristas de "Nós que nos Amávamos Tanto" (1974) de Ettore Scola; ou "Três Homens em Conflito" (1966), de Sergio Leone.

Seu sucesso foi tamanho que em 1964 o diretor Alfred Hitchcock entrou em contato com a dupla para pedir ideias para um novo filme, que não foi produzido. A importância de Scarpelli foi resumida pelo diretor Paolo Virzi, quando disse "que o cinema italiano e todo o país devem muitíssimo a sua figura".

"Um mestre do roteiro, o principal artífice da melhor comédia à italiana, o autor das histórias dos filmes mais populares, intensos, divertidos e inteligentes do cinema italiano", segundo Virzi.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo