Filmes e séries

"Homem de Ferro 2" só é espetacular às vezes

Reprodução
"Homem de Ferro 2": mais humor, muitos clichês e saudades do primeiro filme Imagem: Reprodução

29/04/2010 17h45

Alicia García de Francisco.

Redação internacional - A esperada sequência do "Homem de Ferro 2" tem cenas espetaculares, uma impactante trilha sonora e atores consagrados, mas que de uma maneira geral é insuficiente para manter o interesse do espectador pela história.

Após o sucesso da primeira edição em 2008 - foi o segundo filme de maior bilheteira do ano, após Batman - O Cavaleiro das Trevas -, as aventuras do super-herói da Marvel encarnado por Robert Downey Jr. é uma das estreias mais esperadas de 2010.

Embora seja certo que os fãs vão adorar o lado mais frágil e humano que o herói de ferro deixa amostra nesta segunda parte, o certo é que o roteiro é fraco, fruto do excesso de zelo.

A escolha de uma história - entre as milhares publicadas do super-herói - que permitisse demonstrar que esta segunda parte está sendo feita mais por dinheiro está clara no grande números de personagens que cercam o herói para atrapalhar ou facilitar a sua vida.

No elenco novamente Downey e Gwyneth Paltrow - como a secretária/namorada do herói - e fazem suas estreias Mickey Rourke, (o mau da história); Scarlett Johansson, com um papel que não apresenta nada exceto o fato de vê-la como uma heroína mangá; um histriônico Sam Rockwell, como o cérebro dos maus, e Don Cheadle, o amigo responsável do protagonista.

Com todos eles, o diretor John Favreau - que também é o mesmo da primeira edição - construiu uma história que mostra um Homem de Ferro debilitado, que sofre para carregar suas pesadas couraças de ferro. E essa fragilidade aparece justamente no momento da aparição de Ivan Vanko (Rourke), o filho vingativo do ex-sócio de seu pai.

Com algumas cenas espetaculares - especialmente a primeira aparição de Vanko diante do homem de ferro em uma corrida de carros - e outras que lembram mais a Mazinger Z que às aventuras dos heróis da Marvel, "Homem de Ferro 2" deixa um gosto bom na boca nas cenas de ação e no pano de fundo.

O filme conta com uma trilha sonora forte do AC/DC, perfeita para as cenas de ação; com uma fotografia bem elaborada; decorados à altura de uma história baseada em quadrinhos; um figurino sofisticado e efeitos tecnológicos que tornam os personagens mais atrativos.

Mas a irregularidade causada pelo roteiro mostra que o filme não está à altura do primeiro "Homem de Ferro", mas que apesar de tudo, está acima da média habitual para os filmes de sequência.

"Homem de Ferro 2" estreia amanhã em quase todo o mundo, com algumas exceções, entre estes os Estados Unidos, onde o filme chegará às telas em 7 de maio.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

UOL Cinema - Imagens
redetv
redetv
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
Reuters
Reuters
do UOL
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
redetv
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
do UOL
Cinebiografia a caminho
Reuters
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
Chico Barney
Roberto Sadovski
redetv
redetv
do UOL
EFE
EFE
do UOL
do UOL
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
EFE
EFE
Colunas - Flavio Ricco
Roberto Sadovski
redetv
UOL Cinema - Imagens
do UOL
Topo