Cinema

Diretor japonês Kitano aposta em sangue e violência em filme exibido em Cannes

AFP
O cineasta japonês Takeshi Kitano acena para foto em sua passagem pelo Festival de Cannes (17/05/2010) imagem: AFP

Cannes (França), 17 mai (EFE).- O japonês Takeshi Kitano levou hoje ao Festival de Cinema de Cannes seu filme "Outrage", uma produção com a qual aposta novamente em sangue e violência, que tanta fama lhe rendeu em seus primeiros trabalhos.

Ultraje, atrocidade e inclusive indignação são adjetivos válidos para este novo filme de Kitano e qualquer deles combinam com uma história de Yakuzas, na qual os membros desta máfia japonesa iniciam uma escalada de violência e assassinatos.

Como reconheceu o diretor e ator em entrevista coletiva, esse foi o resultado do trabalho ao tentar encontrar algo novo. Esse algo novo seriam "formas novas e originais para apresentar a violência, formas únicas de como matar as pessoas". Ou seja, a base da estrutura do roteiro são os assassinatos e os massacres. "Outrage" concorre na seleção oficial do Festival de Cannes deste ano, ao lado de outros 18 filmes.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo