Filmes e séries

Rockwell, o ilustrador do 'ideal americano' que inspirou Spielberg e Lucas

Susana Irles

22/08/2010 06h05

Washington, 22 ago (EFE).- Dois dos diretores que mais influenciaram a imaginação norte-americana, George Lucas e Steven Spielberg, compartilham uma coleção que expõem, pela primeira vez, ao público: suas pinturas de Norman Rockwell, o ilustrador do 'ideal americano'.

A mostra pode ser visitada até 2 de janeiro de 2011 no Museu de Arte Americana Smithsonian, em Washington, onde 57 pinturas de propriedade dos dois diretores mostram a relação de seus filmes com Rockwell.

Antes de serem amigos e mestres do cinema, Lucas e Spielberg foram crianças que cresceram admirando as gravuras deste artista, conhecido por suas capas na revista "The Saturday Evening Post", de 1916 a 1963.

Como desenhista comercial, Rockwell criou muitos ícones dos Estados Unidos em torno de temas como infância, poder da imaginação, heróis e sonhos americanos.

O público se conectava com sua arte tanto como os cineastas, seus fiéis admiradores, mas a imprensa foi sua ligação com os leitores e sua maior inspiração.

"Não podia ler jornal sem encontrar uma ideia para uma capa", confessou em 1917 o jovem Rockwell no início de sua carreira.

A versatilidade do pincel também estava a seu favor, porque tanto podia reverenciar heróis do cotidiano como ridicularizar carinhosamente estrelas de Hollywood, um de seus temas preferidos.

Quando pintou Gary Cooper em "The Texan", Rockwell demonstrou audácia, ao colocar o ator com os lábios pintados de vermelho, vestido de cowboy, enquanto era maquiado por um homem de charuto na boca, destacou a curadora Virgínia Mecklenburg à Agência Efe.

Mas as cenas da vida familiar e infantil, com pais e filhos fazendo deveres ou o avô desorientado com seu neto, mostravam mais o Rockwell que ficou gravado na memória de uma geração de americanos.

"Ele captou a ideia americana da qual queríamos acreditar que éramos", disse Lucas à rádio "NPR". "Não éramos melhores do que somos agora, mas ter esse ideal fez com que tentássemos ser mais do que éramos".

Esses valores tinham um olhar compassivo e inocente que contrastava com passagens de humor e, às vezes, duras realidades.

A curadora conecta esse olhar com os filmes dos diretores. "Há conexões com tudo que tem a ver com a moral e a vida americana, mas também se observa episódios graciosos", explicou à Efe.

Para pintar esses momentos, o artista elegia com cuidado seus modelos, "como o 'casting' feito por um diretor de cinema", aponta Virgínia.

Arrumava os modelos, pedia para que posassem, acrescentava alguns detalhes - como um laço no vestido de uma menina - e daquela imagem construía uma história que acabava com um argumento preciso, complexo e evocador, mas exposto com delicadeza e expressividade.

"Olhava o quadro e se dava conta que, se nele tivessem muitos detalhes, as pessoas perderiam a ideia principal", assinala a curadora. "Queria que a narrativa e o conteúdo emocional da história estivessem absolutamente claros".

Alguns dos quadros cativaram de maneira especial os diretores. "High Divin" (1947), a imagem de uma criança que olha para uma piscina com pânico e curiosidade diante dos seis metros de altura de um trampolim, é o preferido de Spielberg.

Para o diretor de "Star Wars", "Boy Reading Adventure Story" (1923) é um dos mais significativos. Nele, uma criança cavalga ao lado de sua donzela enquanto lê um livro.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
ANSA
do UOL
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
AFP
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
do UOL
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Cinema
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Topo