Topo

Filmes e séries

"Amour", de Michael Haneke, é o grande vencedor dos Prêmios do Cinema Europeu

Valery Hache/AFP Photo
O diretor austríaco Michael Haneke ganha a Palma de Ouro por seu filme "Amour" no Festival de Cannes, na França (27/5/12) Imagem: Valery Hache/AFP Photo

01/12/2012 21h53

Valletta (Malta), 1 dez (EFE).- O diretor austríaco Michael Haneke, que obteve neste sábado o prêmio de Melhor Diretor Europeu da Academia do Cinema da Europa, conseguiu também que seu filme "Amour" fosse considerado a melhor obra de 2012.

Velho conhecido do festival, Haneke já ganhou a principal honraria dos Prêmios do Cinema Europeu, que neste ano chegou a sua 25ª edição, em 2005 com "Caché" e em 2009 com "A Fita Branca".

Haneke, que ao receber seu primeiro prêmio utilizou seu idioma original, o alemão, agradeceu este prêmio em todas as línguas europeias, menos o inglês, ao brincar com a tradutora que transferiu suas primeiras palavras.

Como melhor diretor europeu, Haneke lembrou de todos que participaram do filme, especialmente a atriz Emmanuel Riva e o ator Jean-Louis Trintignat, também premiados em suas respectivas categorias.

A produção francesa "Amour", que representará no Oscar o país do diretor, Áustria, conta uma história de amor apocalíptica à qual dois idosos decidem pôr um ponto final ao mesmo tempo.

Era o filme que partia como favorito ao acumular seis das indicações mais importantes dos prêmios e não decepcionou: Melhor Filme; Diretor; Ator e Atriz.

Perdeu apenas o de Melhor Roteiro, que foi para "Jagten (The Hunt)", e o de Melhor Fotografia, que ficou com "Shame".