Filmes e séries

Argentina exalta paixão pelo futebol com sua 1ª animação em 3D

19/07/2013 12h41

O futebol, uma das paixões que caracteriza os argentinos, ganha vida na animação "Metegol", a primeira produção argentina em 3D, que estreou na quinta-feira (18), sob a direção do vencedor do Oscar por "O Segredo de Seus Olhos", Juan José Campanella.

"Metegol" (nome dado em homenagem à forma como os argentinos chamam o tradicional jogo de totó) é considerado o filme mais ambicioso deste gênero rodado até o momento na América Latina e faz uma "aposta no mercado internacional", destacou Campanella dias atrás em entrevista coletiva.

A produção, com roteiro de Campanella e Eduardo Sacheri, é inspirado no conto "Memorias de un wing derecho", um relato de menos de duas mil palavras do falecido escritor e cartunista argentino Roberto Fontanarrosa.

O filme narra a vida de Amadeo, um jovem de um pequeno povoado que trabalha em um bar, joga "metegol" melhor que ninguém e está apaixonado por Laura, embora ela não saiba disso.

Amadeo se vê envolvido em um duelo pela honra e embarcará em uma viagem cheia de aventuras por Laura, o amor e o futuro de seu povo, através de uma partida de totó na qual descobre que os pequenos jogadores ganham vida na mesa de metal.

A paixão pelo futebol e suas novas aventuras ensinarão a Amadeo o grande valor que tem o trabalho constante e em equipe.

Com um uniforme verde e amarelo, além de uma aparência velha e desbotada, própria dos bonecos de totó, os pequenos jogadores que ganham vida roubam o "show" neste filme, no qual cada um fornece algo de sua personalidade para trabalhar pelo bem comum.

Nesta história, o diretor procura reivindicar o papel dos jogadores de bairro, que antepõem a amizade, os valores e a unidade de sua equipe ao brilho pessoal, fazendo um claro contraponto às midiáticas estrelas do futebol internacional.

É precisamente o trabalho em equipe e a solidariedade que são postos a toda prova no filme, quando Grosso, um jovem do povoado transformado no melhor jogador do mundo, volta disposto a vingar-se da única derrota que sofreu em sua vida e Amadeo deve lutar por sua honra e o futuro de todo seu povo.

O personagem de Grosso, o vilão da história, está, na voz, a cargo do ator argentino Diego Ramos. Em conversa com a imprensa argentina, ele assegurou que este menino concentra "tudo o que ele não gosta no futebol".

Ramos é acompanhado por um elenco masculino formado pelos artistas Pablo Rago (El Capi), Miguel Ángel Rodríguez (Liso), Horacio Fontova (El Loco) e David Masajnik (Amadeo).

A voz feminina do filme é a da jovem atriz Lucía Maciel, que encarna Laura, a menina que se transformará no motor da história.

Com um custo de US$ 20 milhões e a participação de 50 profissionais de animação, "Metegol" é uma co-produção argentino-espanhola, que levou cinco anos de trabalho e uma equipe de cerca de 300 pessoas, entre animadores, atores, desenhistas e técnicos, entre outros.

Campanella, vencedor de um Oscar de melhor filme estrangeiro em 2009, admitiu que se soubesse o quanto custaria o projeto, provavelmente não o teria iniciado, mas destacou que, mesmo assim, o filme está longe dos US$ 170 milhões que pode alcançar uma produção da Disney.

"Sinto um grande alívio. No cinema não existe a felicidade, mas o alívio", disse o diretor há poucos dias, após a projeção do filme para a imprensa.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Cinema
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
EFE
do UOL
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
Topo