Filmes e séries

Warner Bros planeja demitir mil funcionários no mundo todo

Da EFE, em Washington

18/09/2014 10h37

O estúdio norte-americano Warner Bros planeja despedir entre 900 e mil funcionários no mundo todo, cerca de 10% de sua força de trabalho, para reduzir custos, informou a revista especializada "Variety". "Isto é uma questão de orçamento, não de pessoal", disse à revista "Dee Dee Myers", nova vice-presidente de comunicação corporativa da empresa.

Segundo a "Variety", as demissões serão oficializadas em outubro e novembro e o número final poderia terminar sendo ligeiramente inferior ao estimado agora.

O diretor-executivo da companhia, Kevin Tsujihara, advertiu aos empregados em uma comunicação interna de 4 de setembro que haveria demissões em todos os departamentos do estúdio, mas não esclareceu qual seria mais afetado.

Fontes da "Variety" garantem que a produção de cinema e televisão receberá o menor impacto, enquanto o peso maior do corte cairá sobre os departamentos de marketing, distribuição e administração.

A maior onda de demissões na Warner Bros aconteceu em 2009, quando o estúdio despediu 800 trabalhadores.

As novas demissões seriam consequência, segundo a revista, da pressão que a Time Warner, da qual é subsidiária, enfrenta em Wall Street e de investidores para reduzir custos após rejeitar a oferta de compra de US$ 80 bilhões feita pela 21st Century Fox, propriedade do magnata dos meios de comunicação, Rupert Murdoch.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

EFE
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Cinema
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
EFE
do UOL
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
EFE
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo