Filmes e séries

Ex-"Friends", Courteney Cox estreia como diretora em comédia de humor negro

Getty Images
Atriz norte-americana dirige "Just Before I Go", em que pôde exercitar seu lado mandona Imagem: Getty Images

De Los Angeles

A atriz norte-americana Courteney Cox, que interpretou a mandona Monica Geller nas dez temporadas da série "Friends", estreia como diretora de longa-metragem com a comédia de humor negro "Just Before I Go" ("Logo Antes de Eu Ir", em tradução livre). A mais recente cineasta de Hollywood disse que o que mais lhe deu prazer na nova função, aos 50 anos de idade, foi justamente ter tido "o controle de cada decisão", assim como a Monica da TV.

"Dirigir me faz sentir bem. Fiquei apaixonada, e estou desejando fazer de novo. Primeiro tenho que encontrar algo bom para repetir, mas nesse filme trabalhei com atores magníficos e com um roteiro que me emocionou e me fez rir muitíssimo. Tive o controle de cada decisão, e nada poderia me fazer mais feliz que isso", disse Courteney com certo sarcasmo, em conversa com a Agência Efe.

"Just Before I Go" conta a história de um homem que, após ter sido abandonado pela mulher, se dá conta de que não tem nenhuma aspiração na vida, e cogita o suicídio. Mas não sem antes retornar ao bairro de sua infância e enfrentar aquelas pessoas que, desde que era pequeno, fizeram de sua vida um inferno.

No entanto, ao longo dessa missão, o homem descobrirá quem realmente são essas pessoas, e se dará conta de que todo mundo tem seus próprios problemas.

O elenco da comédia dramática, que estreia nesta sexta-feira (24) no Festival de Tribeca, nos Estados Unidos, reúne o ex-marido de Courteney, David Arquette ("Pânico" e "Buffy, a Caça Vampiros"); Seann William Scott ("American Pie"), Kate Walsh ("Grey's Anatomy"), Olivia Thirlby ("Juno") e Garret Dillahunt ("CSI", "Criminal Minds" e "Arquivo X"), entre outros atores.

"Adoro histórias humanas", apontou Courteney, que enumera "O Lado Bom da Vida" (2012) e "O Lutador" (2010), ambos do diretor norte-americano David O. Russell, como seus filmes recentes favoritos.

"Eles me fazem rir e chorar ao mesmo tempo, e mexem com as minhas emoções. Essa história [de 'Just Before I Go'] fez eu me sentir assim também, e pensei que seria um desafio para mim. Sabia que também podia ser a coisa mais brega do mundo, mas realmente gosto de histórias reais e de falar de situações importantes que enfrentamos na vida", acrescentou.

Experiência com curta, doc e série

Antes de seu primeiro longa, Courteney já havia dirigido o curta-metragem "The Monday Before Thanksgiving" ("A Segunda-feira antes do Dia de Ação de Graças"), de 2008; o documentário "Talhotblond" ("Alta, Sexy e Loira"), de 2012; e vários episódios da série "Cougar Town". Apesar de ser a estreia da atriz em um filme desse porte, seus atores se surpreenderam com a "naturalidade" com que ela controlou o set.

"É de forma instintiva", declarou Kate Walsh, que deu vida a Addison Montgomery na série "Grey's Anatomy". "É uma grande diretora. É muito específica em suas ordens, tem uma visão clara do que quer e colabora com todos, criando um grande ambiente. Além disso, é muito organizada e isso, com um pequeno orçamento como esse, é fundamental", completou.

Para Seann William Scott, protagonista da nova produção e mito da comédia adolescente graças ao personagem Steve Stifler na saga "American Pie", "foi uma experiência inesquecível" interpretar o personagem Ted Morgan. "Adorei o papel. Nunca tinha feito algo parecido. Sempre quis fazer algo muito real, e ficou claro que essa era uma grande oportunidade para mim. Sou um enorme fã de Courteney, e a convenci a me contratar porque senti que tinha muito a dar."

Para a diretora de "Just Before I Go", a família vem em primeiro lugar e, por isso, não hesitou em se rodear de pessoas próximas para sua estreia como cineasta. No filme, sua filha Coco Arquette, de 10 anos, tem um pequeno papel e canta uma versão de "Love Me Tender", de Elvis Presley, enquanto Johnny McDaid (membro do grupo Snow Patrol e atual namorado de Courteney) toca piano.

"Amo o conceito de família. De fato, a minha se parece muito com os personagens desse longa. E meus filmes favoritos de sempre, como 'Gente Como a Gente' (1980) e 'Kramer vs. Kramer' (1979) giram em torno da família", revelou a diretora.

Courteney acredita que, no futuro, pretende se dedicar ainda mais à direção. Por enquanto, já se comprometeu em rodar neste fim de semana seu primeiro videoclipe: "Love Will Set You Free", da banda indie irlandesa Kodaline.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Jogos
Reuters
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
AFP
Reuters
do UOL
Reuters
do UOL
Da Redação
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
Roberto Sadovski
Blog do Matias
do UOL
AFP
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Roberto Sadovski
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
EFE
Colunas - Flavio Ricco
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
Cinema
Blog do Nilson Xavier
Topo