Cinema

"É um desafio", diz Leandra Leal ao ser indicada para prêmio na Espanha

De São Paulo

A atriz brasileira Leandra Leal assumiu nesta terça-feira (14) como um "desafio" sua indicação ao II Prêmio Platino do Cinema Ibero-Americano, que será entregue em 18 de julho na Espanha e no qual a protagonista do filme "O Lobo Atrás da Porta" concorre na categoria de melhor atriz.

"Para mim, participar já é uma vitória. Estou muito honrada em representar meu país. Esse motivo de orgulho é um desafio, pois sou a única atriz indicada por um filme falado em português", disse Leandra em um papo com a Agência Efe.

A atriz de 32 anos considerou que a indicação é uma "afirmação" de seu "caminho" profissional e uma "confirmação" do que "escolheu" para sua vida. "É também uma grande oportunidade de troca com artistas que admiro e que também estarão na premiação", ressaltou.

Presença brasileira

O Prêmio Platino, que está em sua segunda edição, é promovido pela Entidade de Gestão de Direitos dos Produtores Audiovisuais (Egeda) e a Federação Ibero-Americana de Produtores Cinematográficos e Audiovisuais (FIPCA), e conta com o apoio das Academias de Cinema Ibero-americanas.

A coprodução argentino-espanhola "Relatos Selvagens", de Damián Szifron, desponta como favorita com dez indicações: melhor filme, direção, ator, atriz, trilha sonora, roteiro, direção de fotografia, direção de som, montagem e direção de arte.

O Brasil, com diferentes produções, recebeu 13 indicações, entre elas a de Leandra Leal por sua atuação em "O lobo atrás da porta".

"Acho que o cinema brasileiro sempre teve seu lugar e recentemente isso foi demonstrado no mercado ibero-americano. No Prêmio Ibero-Americano de Cinema Fênix, por exemplo, tive a honra de ganhar o prêmio de melhor atriz e essa valorização do cinema brasileiro já podia ser notada", destacou.

Leandra em alta

Foi precisamente por seu papel em "O lobo atrás da porta" que Leandra conquistou no ano passado o Prêmio Ibero-americano de Cinema Fênix, entregue na Cidade do México. "Existe sim um cinema ibero-americano e é muito importante que as pessoas reconheçam e prestigiem. Eu, como atriz, fico muito contente com isso", ressaltou.

"O lobo atrás da porta", explicou Leal, "é a história de um triângulo amoroso que acaba com um final trágico, mas o roteiro teve uma abordagem humana e muito complexa", na qual sua personagem, Rosa, "não tem nenhuma similaridade" com ela.

Leandra comentou que "gostaria muito" de realizar trabalhos no exterior, mas agora, após sua participação na novela 'Império', espera finalizar primeiro o documentário 'Divinas Divas', que ela mesma dirige e aborda a história da primeira geração de artistas travestis no Brasil.

A segunda edição dos Prêmios Platino do Cinema ibero-americano, que serão entregues em 18 de julho em Marbella, superou a participação do ano anterior, com 760 filmes em competição dos 23 países ibero-americanos, dos quais 30 ficaram como finalistas.

Neste ano, o ator Antonio Banderas receberá o Prêmio Platina de Honra do Cinema Ibero-Americano que é outorgado diretamente pelo Comitê Executivo das Platina, prévia assessoria do Conselho de Direção e que na edição anterior foi recebido pela atriz brasileira Sonia Braga.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo