Filmes e séries

Diretor Ridley Scott revela detalhes sobre a sequência de "Blade Runner"

Divulgação
Montagem: Ryan Gosling, em "Drive", e Harrison Ford, em "Blade Runner" Imagem: Divulgação

Alicia García de Francisco

22/11/2015 09h27

"Blade Runner 2" começará com uma cena ao estilo de "As Vinhas da Ira" - essa foi a revelação com a qual o diretor britânico Ridley Scott começou a aquecer o ambiente para a esperadíssima sequência do filme, apesar de a continuação da história estar sob o comando do canadense Denis Villeneuve.

Até agora já se sabia que Villeneuve (diretor de "Os Suspeitos" e "Sicário: Terra de Ninguém") o substituiria na direção, que Ryan Gosling estava em negociações para protagonizar o filme - fato que o ator acaba de confirmar em entrevista ao "Collider" - e que Harrison Ford retomaria o papel de Rick Deckard.

Scott começou a dar mais pistas e a mais importante delas, segundo relatou em um evento organizado pelo American Film Institute, é que a sequência de "Blade Runner" começará da forma como ele tinha pensado originalmente iniciar seu filme de 1982, uma ideia que acabou desprezando posteriormente.

"Sempre nos encantou a ideia de um universo distópico e começar no que descrevemos como uma 'fazenda-fábrica', que deveria ser uma vasta planície com plantações", explicou o diretor britânico sobre a continuação de um filme que marcou a ficção científica no cinema.

Tiziana Fabi/AFP
O diretor Ridley Scott Imagem: Tiziana Fabi/AFP


A cena será desenvolvida em Wyoming (EUA), em um imenso terreno plano, arado e sem cercas, afetado por uma profunda seca, com uma enorme árvore no primeiro plano, morta e sustentada por arames. Uma imagem que, nas palavras de Scott, lembra muito o ambiente de "As Vinhas da Ira", o filme de John Ford baseado no livro de John Steinbeck.

A diferença é que, a obra de Steinbeck se situa na América da década de 1930. E o novo "Blade Runner" respeitará o tempo decorrido desde a estreia do original, por isso deve se desenvolver por volta de 2050, já que a história do primeiro filme ocorre em 2019.

Nessa primeira cena cheia de poeira, Rick Deckard fará sua primeira aparição, chegando em um veículo voador. Um enorme sujeito que maneja uma gigantesca colheitadeira, pesando pelo menos 158 quilos, se senta junto a ele na varanda da casa, fazendo a estrutura ranger.

"Não vou dizer nada mais. Terão que ver o filme", assim finalizou Scott a descrição do início da sequência que começará a ser gravada no verão de 2016 e da qual já começam a ser conhecidos alguns nomes que participarão.

Junto de Villeneuve estará Roger Deakins, encarregado da fotografia, um dos elementos essenciais do novo filme a julgar pela revelação de Scott.

Deakins - indicado 12 vezes ao Oscar por filmes como "Fargo" (1996), "O Leitor" (2008) e "007 - Operação Skyfall" (2012) - substituirá Jordan Cronenweth, que ganhou um Bafta, principal prêmio de cinema do Reino Unido, por seu trabalho em "Blade Runner", dando ao filme o ambiente escuro, tenebroso, futurista e dramático que Scott buscava.

A participação de Deakins e Villeneuve foi o elemento determinante para que Gosling se unisse ao projeto, assim como o roteiro, a cargo de Hampton Fancher, coroteirista do filme original, e de Michael Green, sobre uma ideia concebida pelo próprio Fancher e Scott.

"É verdade, é emocionante", reconheceu Gosling, que não quis acrescentar nada mais sobre o projeto. "Tenho um chip aqui", brincou, apontando para o pescoço, "que explodirá se eu disser algo mais".

A história de "Blade Runner", baseada no livro "Do Androids Dream of Electric Sheep?", de Philip K. Dick", mostra uma sociedade na qual o homem criou clones chamados "replicantes", usados para trabalhos perigosos. As "cópias", porém, se rebelam contra seus fabricantes em uma colônia especial, o que gera um confronto entre criadores e criaturas.

Divulgação
Harrison Ford em cena de "Blade Runner" Imagem: Divulgação

Deckard (Ford) é um dos encarregados de "caçar" na Terra os replicantes que escaparam da colônia e se escondem em Los Angeles. Apesar de, desde a estreia, terem se multiplicado os debates sobre a possibilidade de também ser um replicante, algo que para muitos fica claro na última cena do filme.

Sean Young, Rutger Hauer, Daryl Hannah e Joanna Cassidy interpretavam os replicantes no filme original. A grande dúvida dos fãs de "Blade Runner" é quem assumirá os papéis na sequência.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

EFE
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Cinema
do UOL
AFP
do UOL
Reuters
AFP
do UOL
Reuters
do UOL
Reuters
do UOL
BBC
do UOL
Chico Barney
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
UOL Entretenimento
Cinema
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
Cinema
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
Chico Barney
UOL Cinema - Imagens
do UOL
Topo