PUBLICIDADE
Topo

Quem vai e quem merece ganhar o Oscar este ano? Veja quadro de apostas de Ana Maria Bahiana

Da Redação

26/02/2011 07h00

Depois de uma temporada de prêmios que incluiu o Globo de Ouro e os eventos dos sindicatos da indústria de cinema norte-americana (como o SAG), Hollywood se prepara para sua cerimônia mais prestigiada e ostensiva: o Oscar, marcado para este domingo, 27 de fevereiro. As apostas ao redor de nomes como Natalie Portman, Colin Firth, entre outros, já começaram e estão próximas de serem reveladas como certas ou erradas. A pedido de UOL Cinema, Ana Maria Bahiana - jornalista, crítica de cinema e membro da Associação de Correspondentes Estrangeiros de Hollywood - topou o desafio de indicar possíveis vencedores, respondendo a três questões: 1) Quem vai ganhar?; 2) Quem ameaça?; e 3) Quem, para você, merece ganhar? A seguir, leia o quadro de apostas sobre as categorias melhor filme, atriz, ator, atriz coadjuvante e ator coadjuvante, feito para informar, fomentar expectativas e, claro, gerar comentários. Veja aqui o blog da crítica.

APOSTAS PARA O OSCAR 2011 (por Ana Maria Bahiana)

 CATEGORIAQUEM VAI GANHAR:PODE AMEAÇAR:MERECE GANHAR:
Melhor filme"O Discurso do Rei" (foto): A Academia não resiste a um filme de época, inglês, com uma mensagem de otimismo e superação"A Rede Social": Foi o campeão da primeira rodada de prêmios, e é o filme que fala ao coração da ala mais jovem da AcademiaPara mim, o filme mais original e ousado do ano é Inception-A Origem. E por isso mesmo, as chances dele receber um Oscar são mínimas
Melhor atrizNatalie Portman (foto). Há um consenso de que este foi seu ano, e a Academia adora grandes transformações físicasAnnette Bening. Não se subestime seu caife como diretora do departamento de atores, o poder do marido Warren Beatty, e o intenso corpo a corpo de Bening na última semana da votaçãoMichelle Williams, o desempenho mais complexo e avassalador deste ano.
Melhor atorColin Firth (foto). Como Natalie, há um consenso em torno de seu nome, e uma sensação de que o prêmio lhe é devido desde o ano passadoJesse Eisenberg, pela atuação como Mark Zuckerberg. Mas é uma ameaça distanteColin Firth. Sem ele, "O Discurso do Rei" implodiria como um suflê tirado do forno antes do tempo
Atriz CoadjuvanteHailee Steinfeld (foto). A categoria tem uma tradição de reconhecer jovens atrizes (Anna Paquin, Patty Duke, Tatum O’Neal) e seu nome sempre foi o segundo favorito na categoriaMelissa Leo, que era a favorita – e a vitoriosa na primeira rodada de premiações, ganhou a antipatia de muitos votantes com uma campanha de autopromoçãoJackie Weaver, soberba e apavorante como a complicada matriarca do australiano "Animal Kingdom"
Ator CoadjuvanteChristian Bale (foto). Só a perda de peso para viver o junkie-boxeador-treinador Dicky Eklund em "O Vencedor" já garantiria o favoritismoGeoffrey Rush, não apenas pela qualidade do desempenho, mas, mais uma vez, pela unanimidade em torno de "O Discurso do Rei"Rush, cujo desempenho e duelo com Firth em "O Discurso do Rei" montou toda a sua arquitetura