Topo

Filmes e séries


"Passei anos numa sala escura só pela promessa de vir ao Rio", brinca Anne Hathaway durante entrevista sobre "Rio"

Astros de ""Rio"" posam para foto em dia de entrevista coletiva no Rio de Janeiro (da esquerda para a direita): Jesse Eisenberg, Bebel Gilberto, Jamie Foxx, Rodrigo Santoro, Carlinhos Brown, Anne Hathaway, Sérgio Mendes, Jemaine Clement, Taio Cruz, Will.i.am e o diretor Carlos Saldanha (22/03/2011) - Felipe Panfili e Felipe Assumpcao/AgNews
Astros de ''Rio'' posam para foto em dia de entrevista coletiva no Rio de Janeiro (da esquerda para a direita): Jesse Eisenberg, Bebel Gilberto, Jamie Foxx, Rodrigo Santoro, Carlinhos Brown, Anne Hathaway, Sérgio Mendes, Jemaine Clement, Taio Cruz, Will.i.am e o diretor Carlos Saldanha (22/03/2011) Imagem: Felipe Panfili e Felipe Assumpcao/AgNews

ANTONIO FARINACI

Enviado especial ao Rio*

22/03/2011 10h40

Astros que emprestaram sua voz para "Rio", na dublagem em inglês, falaram sobre o filme em breve entrevista coletiva concedida na capital fluminense, no Estádio de Remo da Lagoa, na manhã desta terça-feira (22). Participaram da entrevista a atriz Anne Hathaway, Jesse Eisenberg, Rodrigo Santoro, Jamie Foxx, Will.i.am, Jemaine Clement, Bebel Gilberto, Carlinhos Brown, Sérgio Mendes, Taio Cruz e o diretor Carlos Saldanha.

Animada, Hathaway comentou sua passagem pelo Brasil. "Passei três anos trabalhando trancada numa sala escura, só pela promessa de vir para o Rio...Aconteceu!", brincou. Além do filme, apontou um outro motivo para se interessar pelo país: a cantora Bebel Gilberto, que participa do elenco, ironicamente, como a voz de uma tucana desafinada. "Bebel, obrigada! Você é a razão pela qual eu me apaixonei pelo Brasil".

Atriz em ascensão em Hollywood, Hathaway - apresentadora do Oscar deste ano e recém-anunciada como a Mulher Gato do novo "Batman" -, interpreta em "Rio" a arara fêmea Jade, que faz parceria com o protagonista Blu, a arara macho dublada pelo ator Jesse Eisenberg ("A Rede Social"). Apesar de dar vida à namorada, Hathaway diz que se identificou mais com Blu. "O filme é sobre a beleza que desabrocha com o tempo e com a convivência com outra pessoa. Gosto de pensar que sou assim, que as pessoas passam a gostar de mim quando me conhecem melhor".


Entre os intérpretes estão, ainda,  Rodrigo Santoro, como Túlio, um ornitólogo carioca; Jemaine Clement, da dupla de comediantes Flight of The Concords, que faz a cacatua Nigel, um típico vilão de desenhos animados; e Jamie Foxx, como o pássaro Nico. "Já tinha 'vindo' ao Rio usando meu laptop", disse Foxx, "em sites que é melhor eu nem mencionar aqui", brincou o ator que em "Rio" faz sua estreia no universo das animações. "Demorei para entender. Eu ficava trancado na cabine de som, fazendo caretas, até que me avisaram que minha cara não ia aparecer no filme".

À frente da equipe, o diretor Carlos Saldanha, famoso pela franquia animada de sucesso "A Era do Gelo", explica que resolveu fazer "adaptações" no cenário e no roteiro de "Rio", para não chocar plateias internacionais. Como exemplo estão os tamanhos maiores dos biquínis nas cenas da praia e no sambódromo. Citou ainda um momento onde retrata uma partida de futebol, justamente entre as seleções do Brasil e da Argentina, famosas pela rivalidade. O resultado não aparece na história, mas, questionado sobre a quantidades de gols feitos durante a partida fictícia, Saldanha se esquivou com um "foi zero a zero". "Não quis ser controverso", brincou.

"Rio" retrata o Rio de Janeiro com realismo

O filme, que estreia no dia 8 de abril, teve sua primeira exibição no país na última segunda (21), em duas sessões para imprensa. "Rio" conta a saga de uma ararinha azul domesticada que deixa o conforto de sua casa em Minnesota, onde vive com sua dona, para vir ao Brasil encontrar a última fêmea de sua espécie. Detalhe: Blue não voa e não tem nenhuma intimidade com outras aves.

TRAILER DO FILME ''RIO''


O longa, dirigido pelo brasileiro Carlos Saldanha ("A era do Gelo"), impressiona pelo grau de realismo com que retrata a cidade do Rio de Janeiro, as ruas da cidade e até um desfile de Carnaval no sambódromo, com direito a um diretor de harmonia estressado. As aves, mesmo com formas caricaturais, convencem por seus movimentos e texturas hiperrealistas.

A trilha sonora, um dos destaques do filme, conta com músicas de Sérgio Mendes, Carlinhos Brown e Will.i.am (compositor dos Black Eyes Peas), além de duas pérolas resgatadas do repertório de Lionel Richie, em momentos românticos da trama.
 

*(O repórter viajou a convite da Fox)