Filmes e séries

Vanessa Hudgens e mais heroínas de ''Sucker Punch'' comentam o filme de Zack Snyder; leia as entrevistas

ALESSANDRO GIANNINI

Enviado especial a Los Angeles, EUA *

24/03/2011 11h10

Emily Browning, Abbie Cornish, Jena Malone, Vanessa Hudgens e Jamie Chung são as heroínas de "Sucker Punch - Mundo Surreal", filme de ação e fantasia em que elas formam um grupo de internas em uma instituição para delinquentes juvenis. Unidas pelas circunstâncias em que se encontram, elas buscam um modo de fugir. Transportadas para um universo paralelo, enfrentam dragões e outras ameaças para conseguir os elementos que, uma vez reunidos, as farão sair de lá. O filme estreia no Brasil nesta sexta-feira (25).

Em Los Angeles, durante entrevista a um grupo de jornalistas de vários países, do qual o UOL Cinema fez parte, as atrizes falaram sobre o envolvimento delas no novo filme de Zack Snyder, sobre suas personagens e como se prepararam para enfrentar o desafio de dar vida aos seus papéis.

Atriz: Emily Browning
Personagem: Baby Doll
País de origem: Austrália
Idade: 22 anos
Filmes: "Desventuras em Série"

UOL Cinema - Como se envolveu no filme?
Emily Browning - Todas nós fizemos os primeiros testes em cima de uma das falas de Sweet Pea. Depois disso, eu li o roteiro e me apaixonei pela história. Então, fiz novas leituras, como Rocket e Amber. Quando Zack me chamou novamente, ele disse que gostaria de me testar no papel de Baby Doll. Eu li novamente e, a partir daí, tudo aconteceu.

UOL Cinema - Nunca a preocupou a natureza do seu personagem: uma garota acusada injustamente de assassinato que se transporta para um mundo imaginário que é um bordel?
Emily Browning - Não, isso nunca me preocupou. Falei com o Zack logo no início do processo, tivemos uma longa discussão sobre essas ideias de objetificação das mulheres. Era importante para mim que tivessemos clareza sobre isso. E ele me apoiou totalmente o tempo todo e concordou comigo que era importante mostrar que essas meninas estavam estavam lutando contra esse ambiente.

UOL Cinema - Como foi trabalhar com Zack Snyder no set? Ele é ditatorial ou aberto a colaborações?
Emily Browning - Não há nada de ditatorial nele. A caracteristica mais legal de Zach é que ele tem clareza do que quer desse filme. Está tudo na cabeça dele. Ao mesmo tempo, ele é muito colaborativo. Ele sabe muito bem balancear os limites entre o que quer e as ideias que partem das pessoas que trabalham com ele. O que para qualquer ator é um sonho que se transforma em realidade.

Atriz: Vanessa Hudgens
Personagem: Blondie
País de origem: Estados Unidos
Idade: 22 anos
Filmes: "High School Musical", "High School Band", "Aos Treze"

UOL Cinema - Qual foi o maior desfio de fazer este filme?
Vanessa Hudgens - Acho que a maior parte desse filme foi um desafio, o que o torna tão animador. Tem a ver com pessoas que se doaram tanto, que foram tão abertas e que eu adoro. E conhecê-las foi incrível porque eu sabia que se eu caísse elas estariam lá para me segurar.

UOL Cinema - De que maneira esse filme passa a mensagem de colocar as mulheres em um papel de poder?
Vanessa Hudgens - Você vê as mulheres lutando por aquilo que elas querem. Não damos às nossas mentes crédito suficiente e você realmente pode transformar coisas negativas em positivas com esse poder.

UOL Cinema - E o fato de parte do filme ser ambientado em um bordel e as personagens serem exploradas sexualmente?
Vanessa Hudgens -
Acho que, no fim das contas, o filme fala sobre amizade e sacrifício. Até que ponto você pode ir para ajudar seus amigos. O poder da mente, como eu disse, é uma coisa surpreendente.

Atriz: Abbie Cornish
Personagem: Sweet Pea
País de origem: Austrália
Idade: 28 anos
Filmes: "Candy", "Brilho de uma Paixão", "Elizabeth - A Era de Ouro", "Um Bom Ano"

UOL Cinema - Faz pouco tempo, você estava em "Brilho de Uma Paixão" no papel de uma mulher frágil. E agora aparece no papel de uma guerreira. Como foi a transição?
Abbie Cornish - Treinamos três meses - artes marciais, esgrima, armas. Atividade física sempre foi parte da minha vida, tendo sido criada no campo, com irmãos, fazendo motocross, nadando no rio. E a minha mãe foi campeã de caratê quando eu tinha 9 anos, eu acompanhava os treinos dela, as competições. Além disso, meu irmão me ensinou a atirar com arco e flecha, a usar armas. Então, essas coisas já estavam em mim. Na verdade, eu queria muito fazer um filme em que pudesse usar todas essas habilidades e aprender mais. Quando apareceu a oportunidade eu mal pude me conter.

UOL Cinema - O que você faz para escapar da realidade?
Abbie Cornish - É engraçado, quando penso nessa pergunta. As coisas que eu faço que faço para escapar e me sentir mais introspectiva e próxima de mim mesma são compor música, pintar, surfar . Mas é engraçado porque não são escapes. São meios de conectar comigo mesma e minha criatividade.

UOL Cinema - Como se sentiu usando figurinos tão ousados?
Abbie Cornish - Minha única preocupação quando eu provei o figurino pela primeira vez foi que eu deveria fazer os mesmos movimentos e golpes que fazia com agasalhos e tênis com aquelas roupas. Então, chamei Mike Wilkinson, o figurinista, e pedi a ele que viesse comigo para a sala de treinamento. E fiz todos os movimentos e golpes que eu conhecia. E ele disse que estava tudo bem, nada ficava à mostra.
(Risos).

Atriz: Jena Malone
Personagem: Rocket
País de origem: Estados Unidos
Idade: 26 anos
Filmes: "O Mensageiro", "O Solista", "Na Natureza Selvagem"

UOL Cinema - Como se sente a respeito da mistura de sexo e violência no filme?
Jena Malone - Sexo e violência? Onde está o sexo no filme?

UOL Cinema - Bem, vocês são mostradas de uma maneira sensual.
Jena Malone - Sensual? (Risos). Bem, pra mim o mais interessante é ter a possibilidade de fazer um filme de ação surrealista. No gênero de ação, a maior parte das mulheres é colocada em extremos, ou são vitimizadas ou são gostosonas. O que é legal [neste filme] é que as personagens são multifacetadas, multidimensionais. Você explora as vulnerabilidades, medos, conflitos, a sensualidade. Não vejo sexo e violência, vejo mais potencialidade. Lutar por aquilo que você quer.

UOL Cinema - Que tipo de treinamento você fez?
Jena Malone - Todos os tipos. Os nossos instrutores nos ensinaram as bases de quase todos os tipos de artes marciais, um pouco de capoeira. As pessoas normalmente levam anos para aprender o que aprendemos em oito meses.

Atriz: Jamie Chung
Personagem: Amber
País de origem: Estados Unidos
Idade: 27 anos
Filmes: "Gente Grande", "Dragonball Evolution", "Pacto Secreto"

UOL Cinema - Como você suportou o período de treinamento?
Jamie Chung - Fiquei surpresa. Acordar e sentir um músculo que eu nem sabia que existia. Foi demais, mas foi o que nos incentivou a ter a possibilidade de mentalmente levar adiante esse filme. Encontramos uma força interna que não sabíamos que tínhamos. Não havia limites. Quando achávamos que não podíamos fazer algo, conseguíamos.

UOL Cinema - Que tipo de treinamento vocês fizeram?
Jamie Chung -
Basicamente, eu fiz treinamento físico com as meninas, com fuzileiros navais. Fizemos treinamento com armas, eu tinha a minha 9mms. Eu também fiz treinamento para pilotar aviões com simuladores de avião e helicóptero.


* O jornalista viajou para os EUA a convite da Warner Bros.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
TV e Famosos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Roberto Sadovski
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Cinema
Roberto Sadovski
Cinema
Colunas - Flavio Ricco
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo