Filmes e séries

CCBB do Rio mostra filmes da jovem guarda ao rock dos dias atuais

Divulgação
Gilberto Gil e Regina Casé no filme "Corações a mil", de 1983 Imagem: Divulgação

Da Redação

A participação do rock na cinematografia brasileira dos últimos 50 anos será apresentana mostra "O cinema rock’n’roll – filmes brasileiros da jovem guarda aos dias de hoje", de 27 de setembro a 6 de outubro, no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro. Serão exibidos 19 longas-metragens e também 4 curtas e videoclipes em sessões especiais, durante o horário do almoço. No dia 5 de outubro, às 19h, o diretor do filme “Areias Escaldantes”, Francisco de Paula, participa de um debate com o público.

Serão apresentadas algumas preciosidades, tais como “Minha Sogra é da Polícia”, que traz o trio formado por Roberto Carlos – na época com apenas 17 anos –, Erasmo Carlos e Carlos Imperial, que aparecem como banda de apoio para o astro Cauby Peixoto durante uma apresentação. Gilberto Gil estará “Corações a mil”; Baby Consuelo adolescente, em “Caveira My Friend”, cujo nome da personagem ela levou para o resto de sua carreira musical.

Outro destaques será a exibição “Geração Bendita”.  Lançado em 1971, o longa-metragem foi rodado em Nova Friburgo, em uma comunidade hippie que de fato existiu e foi proclamado como o “primeiro filme hippie brasileiro”. Recuperado em 2002, o filme teve trilha sonora da banda Spectrum – cujo disco em vinil é um dos mais cultuados e caros no mundo inteiro. 

A mostra do CCBB vai traçar a evolução do rock de forma cronológica a partir de sua inclusão nas chanchadas – quando Carlos Manga, em 1957, dirige “De Vento em Popa” – até os filmes pós-retomada dos anos de 1990, como “Baile Perfumado”, de Lírio Ferreira e Paulo Caldas, e “Wood & Stock: Sexo, Orégano e Rock’n’roll”.

Para ilustrar o caminho percorrido pela evolução do rock nas telonas, serão exibidos filmes como “Juventude e Ternura”, estrelado por Wanderléa, “Meteorango Kid”, de André Luiz Oliveira e “Abismu” de Rogério Sganzerla, lançados nas décadas de 1960 e 1970. Os longas-metragens que marcaram a geração dos anos de 1980 também fazem parte da programação, com apresentações do Barão Vermelho, em “Bete Balanço”, e dos Titãs em “Areias Escaldantes”.

Sessões com videoclipes retratarão também o estilo que melhor traduz a geração dos anos 1990, tendo como cume a estréia da MTV Brasil. A programação completa pode ser obtidas no www.bb.com.br/cultura.


Serviço:
Onde: Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro
Quanto: Grátis; é necessário retirar as senhas 30 minutos antes de cada sessão
Informações: 0/XX/3808-2020 - www.bb.com.br/cultura / twitter.com/ccbb_rj

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Reuters
do UOL
Da Redação
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
Roberto Sadovski
Blog do Matias
do UOL
AFP
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Roberto Sadovski
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
EFE
Colunas - Flavio Ricco
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
Cinema
Blog do Nilson Xavier
do UOL
Reuters
EFE
AFP
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Da Redação
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
do UOL
Colunas - Flavio Ricco
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
Topo