Cinema

Apresentador imita voz do ator Christopher Walken e engana agência de notícias

Ernst Feix/Arquivo Efe
Foto de arquivo da atriz Natalie Wood, morta em 1981 sob circunstâncias suspeitas imagem: Ernst Feix/Arquivo Efe

Da Redação

Na última sexta-feira (18), quando foi noticiado que as investigações da morte da atriz Natalie Wood seriam reabertas, a agência de notícias AP noticiou uma declaração do ator Christopher Walken, veiculada em um programa de rádio norte-americano. O relato, no entanto, era falso: tratava-se do apresentador Marc Sterne imitando o ator no programa “The Tony Kornheiser Show”.

Walken estava no barco em que a atriz e seu marido, Robert Wagner, se encontravam antes de Natalie morrer afogada. Um repórter da AP, ao ouvir a entrevista no rádio, achou que ela era verdadeira e a noticiou como sendo uma declaração do ator.

Sobre o caso, o apresentador diz ter "vergonha pelo repórter": "Vamos ser honestos: tenho certeza que Julia Roberts imitaria o Christopher Walken melhor do que eu, tenho vergonha pelo repórter da AP", disse ao site Access Hollywood. "Christopher Walken não falou sobre o assunto por 30 anos, eles achavam realmente que ele ligaria para um programa de esportes para falar sobre isso, e ainda dar palpites de futebol? Isso é absurdo."

Depois que a agência noticiou a suposta entrevista, o apresentador conta que diversos jornalistas começaram a ligar para a rádio para pedir o áudio da entrevista. Sterne, então, teve que esclarecer que ele imitou o ator. A AP, posteriormente, publicou errata da notícia.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo