Cinema

Herdeiros de Mario Puzo tentam tirar direitos de "O Poderoso Chefão" da Paramount

Divulgação
Marlon Brando em cena de "O Poderoso Chefão" imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

Os herdeiros de Mario Puzo querem retirar os direitos dos livros da saga “O Poderoso Chefão” da Paramount Pictures, alegando que o estúdio quebrou o seu contrato com o escritor falecido. As informações são do site da revista “Variety”.

A ação é uma resposta a um processo iniciado pelo estúdio em fevereiro contra os herdeiros, que aprovaram um romance da saga da família Corleone em 2006 e pretendem publicar uma nova obra sem a permissão do estúdio. A Paramount alega que o primeiro livro “manchou” a imagem da marca e “enganou consumidores” sobre a conexão com os trabalhos originais de Puzo.

“Mario Puzo trouxe uma riqueza enorme para a Paramount em um momento no qual eles precisavam desesperadamente,” disse o advogado dos herdeiros Bert Fields. “Agora que ele se foi, o estúdio está tentando desesperadamente tirar de seus filhos direitos que ele reservou especificamente”.

Um representante da Paramount disse que o estúdio tem “tremendo respeito e admiração por Mario Puzo e seu legado” e que está apenas “tentando se ater aos termos aceitos pelo próprio sr. Puzo.”

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo