Cinema

Com Rodrigo Santoro, filme sobre fundador da Opus Dei ganha nova versão

Reprodução
Rodrigo Santoro em cena do filme "There Be Dragons", de Roland Joffé imagem: Reprodução

O cineasta britânico Roland Joffé vai lançar na América Latina uma nova edição de seu filme com Rodrigo Santoro "There Be Dragons", sobre o fundador da Opus Dei, Josemaría Escrivá de Balaguer e sobre a Guerra Civil espanhola, com uma "mensagem de reconciliação e perdão", segundo o realizador.

O filme já estreou em 2011 na Espanha e nos Estados Unidos, mas sem a recepção esperada do público. Seu lançamento com uma nova edição está previsto para abril nos países da América Latina, além da Polônia e Alemanha.

"É uma versão melhor. Acho que na primeira cometi um erro, e descobrimos que o filme tem mais força concentrando-se menos na infância (de Escrivá)", explicou Joffé em uma entrevista com a AFP em Bogotá.

O personagem de Santoro é o Oriol, um revolucionário que lutou na guerra civil espanhola.


Rodrigo Santoro fala sobre seu papel em "There be Dragons" -

O drama, filmado na Argentina, em 2009, teve um orçamento de 35 milhões e narra a história de Robert, um jornalista que vive e trabalha em Londres quando descobre a relação que uniu desde a infância seu pai a Josemaría Escrivá de Balaguer (1902-1975).

"Não se pode entender Escrivá de Balaguer sem a Guerra Civil espanhola, e de algum estranho modo não se pode entender a Guerra Civil sem Escrivá. O que me fascinou quanto à história é a ideia de reconciliação e perdão. É um filme sobre o perdão", assegurou Joffé.

(Com informações da AFP)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo