PUBLICIDADE
Topo

Filme de Walter Salles com Kristen Stewart é selecionado para o Festival de Cannes

Thiago Stivaletti

Colaboração para o UOL, de São Paulo

19/04/2012 07h19Atualizada em 19/04/2012 17h55

O Festival de Cannes anunciou nesta quinta-feira (19) os filmes que competem à Palma de Ouro entre 16 e 27 de maio. A lista inclui os novos filmes de Walter Salles, David Cronenberg, Michael Haneke, Alain Resnais, Abbas Kiarostami e Ken Loach, apenas para ficar nos pesos-pesados.

O brasileiro Walter Salles (“Central do Brasil”) compete pela terceira vez à Palma com a produção internacional “Na Estrada”, road movie inspirado no livro de Jack Kerouac e estrelado por Kirsten Dunst, Kristen Stewart e Viggo Mortensen. O filme estreia dia 15 de junho no Brasil.

Cronenberg compete com “Cosmopolis”, baseado no livro do americano Don DeLillo sobre um dia na vida de um jovem milionário (Robert Pattinson, de “Crepúsculo”) que atravessa de limusine uma Nova York em convulsão. O grande elenco internacional inclui Paul Giamatti, Samantha Morton, Mathieu Amalric e Juliette Binoche.

O austríaco Michael Haneke, vencedor da Palma em 2009 com “A Fita Branca”, apresenta “Amour”, sobre um casal octogenário que vê sua relação se abalar depois que a mulher sofre um derrame. O elenco tem Isabelle Huppert e marca o retorno de Jean-Louis Trintignant (“A Fraternidade é Vermelha”) às telas.

Prestes a completar 90 anos, o francês Alain Resnais (de “Hiroshima Mon Amour” e “Ervas Daninhas”) retorna com “Vous n’avez encore rien vu” (Você ainda não viu nada), baseado na peça “Eurídice” de Jean Anouilh. E dois anos depois de “Cópia Fiel”, o iraniano Abbas Kiarostami volta a competir com “Like Someone I Love”, rodado no Japão.

O francês Jacques Audiard, do aclamado “O Profeta”, volta a competir com o drama “De rouille et d’os” (De ferrugem e osso), drama com Marion Cottilard no elenco.

Como nos últimos anos, não há produção brasileira na competição – o único filme da América Latina é o mexicano “Post Tenebras Lux”, de Carlos Reygadas. Em relação ao ano passado, os EUA aumentaram sua presença na competição de dois pra quatro filmes – entre eles “The Paperboy”, novo filme do diretor de “Preciosa”, Lee Daniels, estrelado por John Cusack e Zac Efron; e “Killing them Softly”, com Brad Pitt.

Apresentações especiais

Entre as atrações especiais, as maiores atrações são o novo filme de Bernardo Bertolucci, “Io e Te”, sobre um adolescente de 14 anos que se tranca no sótão de seu prédio e sua relação com a irmã de 24 anos; a animação “Madagascar 3”, da Dreamworks; o romance “Hemingway & Gellhorn”, estrelado por Clive Owen e Nicole Kidman; e “Dracula”, novo terror do italiano Dario Argento rodado em 3-D.

O brasileiro Nelson Pereira dos Santos apresenta seu documentário mais recente, “A Música Segundo Tom Jobim”, que já estreou no Brasil.

A ausência mais sentida foi o novo filme de Woody Allen, “To Rome with Love”. O diretor costuma estrear seus novos filmes no festival. Havia a expectativa também de que o americano Terrence Malick, Palma de Ouro em 2011 com “A Árvore da Vida”, concluísse a tempo seu novo longa, “The Funeral”. E Wong Kar-Wai também não concluiu a tempo sua cinebiografia de Bruce Lee, “The Grand Master”.

Trailer de "Cosmopolis"

Un Certain Regard

Como nos últimos anos, a segunda mostra oficial faz uma mistura de novos e velhos talentos.

O jovem canadense Xavier Dolan (de “Os Amores Imaginários”) volta à seção com o polêmico “Laurence Anyways”, sobre a complexa relação de um homem e uma mulher depois que ele decide passar por uma mudança de sexo.

O argentino Pablo Trapero (de “Abutres”) retoma a parceria com Ricardo Darin em “Elefante Blanco”.

Brandon Cronenberg, filho de David Cronenberg, exibe seu primeiro longa como diretor, “Antiviral”

Confira a lista completa:

COMPETIÇÃO
"Moonrise Kingdom", de Wes Anderson (filme de abertura)
"De Rouille et D’Os", de Jacques Audiard
"Holy Motors", de Leos Carax
"Cosmopolis", de David Cronenberg
"The Paperboy", de Lee Daniels
"Killing Them Softly", de Andrew Dominik
"Reality", de Matteo Garrone
"Love", de Michael Haneke
"Lawless", de John Hillcoat
"In Another Country", de Sangsoo Hong
"Taste of Money", de Sangsoo Im
"Like Someone in Love", de Abba Kiarostami
"The Angel’s Share", de Ken Loach
"In the Fog", de Sergei Loznitsa
"Beyond the Hills", de Christian Mungiu
"After the Battle", de Yoursry Nasrallah
"Mud", de Jeff Nichols
"Vous n'avez Encore Rien Vu", de Alain Resnais
"Post Tenebras Lux", de Carlos Reygadas
"Na Estrada", de Walter Salles
"Paradise: Love", de Ulrich Seidl
"The Hunt", de Thomas Vinterberg

Un Certain Regard

“7 Days in Havana”, Benicio del Toro, Pablo Trapero, Julio Medem, Elia Suleiman, Juan Carlos Tabio, Gaspar Noe, Laurent Cantet
“11.25 The Day He Chose His Own Fate”, Koji Wakamatsu
“Antiviral”, Brandon Cronenberg
“Beasts of the Southern Wild”, Benh Zeitlin
“Confession of a Child of the Century”, Sylvie Verheyde
“Despues de Lúcia”, Michel Franco
“La Pirogue”, Moussa Toure
“La Playa”, Juan Andres Arango
“Laurence Anyways”, Xavier Dolan
“Le grand soir”, Benoit Delepine, Gustave Kervern
“Les Chevaux de Dieu”, Nabil Ayouch
“Loving Without Reason”, Joachim Lafosse
“Miss Lovely”, Ashim Ahluwalia
“Mystery”, Lou Ye
“Student”, Darezhan Omirbayev
“Trois mondes”, Catherine Corsini
“White Elephant”, Pablo Trapero

Exibições especiais

“A musica segundo Tom Jobim”, Nelson Pereira Dos Santos
“The Central Park Five”, Ken Burns, Sarah Burns, David McMahon
“Der Mull im Garten Eden”, Fatih Akin«
“Journal de France”, Claudine Nougaret, Raymond Depardon
“Les Invisibles”, Sebastien Lifshitz
“Mekong Hotel”, Apichatpong Weerasethakul
“Roman Polanski: A Film Memoir”, Laurent Bouzereau
“Villegas”, Gonzalo Tobal