Cinema

Advogado quer descobrir os salários da equipe do novo longa de Sofia Coppola

Do UOL, em São Paulo

O advogado de um dos ladrões envolvidos nos roubos a celebridades que deram origem ao novo filme de Sofia Coppola, “The Bling Ring”, quer saber os salários da equipe envolvida na produção. A informação é do site TMZ.

David Diamond, advogado do réu Roy Jr, solicitou judicialmente a abertura da folha de pagamento de todas as pessoas que trabalhem na produção, mas tem um foco específico. Segundo declarações dadas por ele ao site, o objetivo é obter registros sobre os consultores da produção - outros ladrões acusados pelos roubos e os investigadores do caso.

A estratégia de Diamond é usar os registros para questionar a credibilidade dos consultores quando eles forem testemunhar contra o seu cliente. O advogado ainda irá argumentar que o filme prejudicará o caso, pois poderia levar os jurados a terem uma visão “super-dramatizada” dos crimes.


"The Bling Ring" é baseado na história real de um grupo de adolescentes da Califórnia que conseguiu roubar as casas de diversas celebridades, tais como Paris Hilton, Orlando Bloom, Megan Fox, Rachel Bilson, Ashley Tisdale e Lindsay Lohan.

Kirsten Dunst e Emma Watson estão no elenco do longa. Wtason foi vista recentemente durante as filmagens, usando cabelo comprido e uma tatuagem falsa. Ela faz a personagem Nicki, cuja mãe é uma ex-modelo da Playboy vivida por Leslie Man, segundo informações do site do jornal inglês "Daily Mail".

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo