Filmes e séries

"Skyfall", novo filme de James Bond, começa com cena de perseguição em Istambul

Reuters
Daniel Craig em cena "007 - Operação Skyfall", novo filme de James Bond Imagem: Reuters

Mariane Morisawa

Do UOL, em Istambul

Depois de rodar em Londres e na China, Skyfall, o 23o filme de James Bond, está em Istambul para rodar sua sequência de abertura em pontos famosos da cidade, como o Grande Bazar e a Mesquita Nova. “Esperamos usar o melhor de Istambul sem cair no clichê, queremos ser verdadeiros a seu espírito”, disse o diretor Sam Mendes em entrevista coletiva no domingo (29), no Çiragan Palace Kempinski Hotel, à beira do estreito de Bósforo. No 50o aniversário de 007, há uma razão a mais para voltar à cidade turca além de seus atributos cinematográficos: era um dos locais favoritos do escritor Ian Fleming, criador do espião, e já tinha aparecido em outras duas produções, “Moscou Contra 007” (1963) e “007 – O Mundo Não é o Bastante” (1999). Para sossego da imprensa turca presente ao evento, os produtores Michael G. Wilson e Barbara Broccoli, o diretor e o protagonista garantiram que Istambul vai ser Istambul mesmo no longa-metragem.

A sequência mostra a perseguição de James Bond e da agente Eve (Naomie Harris) ao vilão Patrice (o sueco Ola Rapace, ex-marido da atriz Noomi Rapace), envolvendo carros e motos – mas Craig soltou também que desta vez teve de correr muito na preparação de “Skyfall”, porque o espião também corre bastante nas cenas. Se Patrice tem ou não relação com o grande vilão da produção, Silva (Javier Bardem), ninguém quis confirmar. Indagado pelo UOL por que o personagem vivido pelo ator espanhol tinha esse nome português, Mendes respondeu: “Não dá para fazer nenhuma leitura a partir do nome, a não ser que parecia certo para mim, que era representativo de quem ele é, de sua essência”.

Mendes falou sobre sua aproximação ao projeto, bem diferente de seus filmes anteriores, dramas sobre relacionamento como “Beleza Americana” e “Apenas um Sonho”. “Se não sentisse que poderia fazer algo que fosse parte da história de Bond e ao mesmo tempo pessoal para mim, não teria nem tentado fazer”, disse. “Sempre quis fazer um filme de ação, e Daniel é um Bond em que acredito e que pode levar o personagem a outro nível”, completou. Ele afirmou que é preciso esquecer a imagem de playboy do personagem e pensar na complexidade do 007 criado por Fleming – e enfatizou seus conflitos nos últimos livros. “Bond estava lutando contra a depressão e questionava muito sua carreira, o que o torna muito mais interessante.”

Parecendo feliz com os rumos do projeto – e sua nova parceria com Mendes, que fez o ator ser notado em “Estrada para Perdição”, de 2002 –, Craig respondeu com bom humor sobre o tom do filme. Bond vai parecer mais leve e menos sombrio que em “Casino Royale” (2006) e “Quantum of Solace” (2008)? “Ele é engraçado como o diabo neste filme”, disse, de maneira aparentemente irônica, arrancando gargalhada de Mendes. Vai ter um relacionamento duradouro? “Você sempre precisa acreditar no amor”, respondeu. Como vai ser sua vida amorosa? “Muito rica. Estamos fazendo um filme de James Bond, isso fala por si só.” Afirmou que suas “Bond girls”, a inglesa Naomie Harris e a francesa Bérénice Marlohe, vão deixar suas marcas. “Espero que haja humor e tensão nesses relacionamentos.” O ator, que faz a mesma pose de durão de seu James Bond nas entrevistas, amoleceu quando foi elogiado pelas duas, principalmente pela francesa, que disse: “Nós te amamos, Daniel”, deixando Daniel Craig corado de vergonha.

Os produtores não quiseram confirmar que o Bond de número 24 já está confirmado para 2014, como foi publicado em alguns sites. “Estamos no 103o dia de filmagem, ainda temos outros 30 pela frente. Não podemos pensar em nada. Mas queremos fazer o 24 e esperamos que este seja um sucesso para que possamos fazer outro”, disse Michael G. Wilson.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Jogos
Reuters
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
AFP
Reuters
do UOL
Reuters
do UOL
Da Redação
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
Roberto Sadovski
Blog do Matias
do UOL
AFP
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Roberto Sadovski
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
EFE
Colunas - Flavio Ricco
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
Cinema
Blog do Nilson Xavier
Topo