Cinema

Ian McKellen, o Gandalf de "O Hobbit", quer mostrar a Terra Média para as novas gerações

Reprodução/EW
Capa da edição de julho da revista "Entertainment Weekly" com o longa "The Hobbit" imagem: Reprodução/EW

Do UOL, em São Paulo

Uma década após o lançamento do primeiro filme da trilogia de “O Senhor dos Anéis”, Peter Jackson volta aos cinemas para apresentar a prequela do longa, que tem previsão para estrear em dezembro de 2012.

Em entrevista à revista “Entertainment Weekly”, o ator Ian McKellen (famoso por interpretar o mago Gandalf) disse que a proposta é mostrar a história da Terra Média para as novas gerações.

“Muitas pessoas nem tinham nascido enquanto estávamos filmando o primeiro ‘O Senhor dos Anéis’ e só conhecem os filmes por assistir em DVD. Mas eles poderão ver a Terra Média nas telonas em ‘O Hobbit’ e eu garanto que terão muitas surpresas”, disse na entrevista.

“No filme, nós queremos dar mais substância a esses personagens do que no livro”, disse o diretor Peter Jackson se referindo à adaptação da obra do escritor J.R.R. Tolkien. “Quase tudo que estamos fazendo vem de Tolkien, se isso não está no livro, está em algum desenvolvimento não publicado”, explicou.

“O Hobbit: Uma jornada Inesperada” terá seu lançamento de trailer e fotos do longa, além de painéis com os atores e produtores do filme durante a Comic-Con, convenção de cultura pop que é realizada entre os dias 12 e 15 de julho em San Diego, na Califórnia.

Assista ao primeiro trailer legendado de "O Hobbit: Uma Jornada Inesperada"

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo