Cinema

Filme "Possessão" lidera bilheterias nos Estados Unidos com US$ 17, 7 milhões

Divulgação
Em "The Possession", uma menina compra uma caixa antiga, sem saber que dentro dela vive um espírito maligno. O pai da garota e sua ex-mulher irão lutar para terminar com a maldição imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo *

"Possessão" ficou em primeiro lugar nas bilheterias dos Estados Unidos e Canadá neste domingo (2), destronando "Os Mercenários 2" e preparando-se para ser o provável vencedor do fim de semana prolongado do Dia do Trabalho americano nesta segunda (3).

O suspense sobrenatural arrecadou US$ 17, 7 milhões em vendas de ingressos na América do Norte de sexta a domingo e deverá atingir US$ 21,3 milhões na segunda, de acordo com estimativas do estúdio compiladas pela agência Reuters.

Em "Possessão", uma menina compra, por engano, uma relíquia amaldiçoada em uma liquidação. Seu pai, interpretado por Jeffrey Dean Morgan, começa então a perceber que a filha está ficando estranha. No Brasil, a estreia do filme está prevista para 2 de novembro.

O drama "Os Infratores" terminou em segundo lugar, e "Os Mercenários 2" ficou na terceira posição. A grande decepção do fim de semana foi "Oogieloves". A expectativa era que o filme arrecadasse US$ 4 milhões, mas fez apenas US$ 448,131. A animação foi lançada em mais de duas mil salas, o mais amplo número para um filme voltado para a família.

Ao longo do domingo, o filme de ação "Os Mercenários 2" caiu para terceiro lugar, depois de passar duas semanas liderando as bilheterias norte-americanas. Ele ganhou US$ 8,8 milhões no domingo e deve chegar a US$ 11 milhões na segunda.

No quarto lugar, ficou a sequência de ação "O Legado Bourne", estrelando Jeremy Renner como um espião que tenta escapar de perseguidores da CIA. O filme faturou US$ 7,2 milhões em três dias.

O documentário político "2016: América de Obama", que caiu de sétimo lugar na semana passada para a nona posição, arrecadou US$ 5,1 milhões ao longo de três dias, depois de ser exibido em mais de 1,7 mil salas de cinema.

* (Com agência Reuters)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo