Filmes e séries

Culpa do imperador Hiroito na guerra é discutida em "Emperor", com Matthew Fox

Mike Cassese/Reuters
Ator Matthew Fox apresenta o filme "¿Emperor" no Festival de Toronto (14/9/12) Imagem: Mike Cassese/Reuters

Mariane Morisawa

Especial para o UOL, de Toronto

15/09/2012 14h45

Não são poucos os órfãos da série “Lost” – atores incluídos. Matthew Fox, por exemplo, que fazia o dr. Jack Shephard, andou pelo teatro nos últimos tempos e foi acusado de bater numa motorista de ônibus e preso por dirigir embriagado. Finalmente, está de volta com “Emperor”, de Peter Webber (“Moça com Brinco de Pérola”), exibido na noite da sexta-feira (14) em sessão para a imprensa no Festival de Toronto.

Apesar dos episódios pouco felizes na sua vida real, Fox costuma funcionar bem em personagens em dúvida, mas de caráter inquestionável. É o caso do General Bonner Fellers, chamado pelo General Douglas MacArthur (Tommy Lee Jones) para investigar a real participação do imperador Hiroito no ataque a Pearl Harbor que começou o braço do Pacífico da Segunda Guerra Mundial.

Assim, MacArthur, que tinha a missão de reconstruir o Japão, poderia condená-lo e levá-lo a julgamento – ou não. Fellers é mostrado como um conhecedor da cultura japonesa, pela qual nutria profundo respeito. Nem ele nem MacArthur gostariam de depor e julgar o imperador, até pelo fato de que isso geraria uma revolta gigante num país que os Estados Unidos pretendiam “salvar”.

O filme trata a história com equilíbrio, sem glorificar os americanos. Na verdade, os japoneses são apresentados como muito honrados e leais, e até o imperador sai bem. É um episódio curioso da História, e contrasta com a recente invasão do Iraque, que terminou com a deposição e morte de Saddam Hussei.

O principal problema de “Emperor” é a hollywoodização: numa Tóquio destruída, com apenas dez dias para completar sua investigação, Fellers também parte numa jornada para descobrir o destino de sua amada, a japonesa Aya Shimada (Eriko Hatsune), verdadeira razão de sua proximidade com o país. Não precisava.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
AFP
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
ANSA
do UOL
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
AFP
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
do UOL
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
Topo