Filmes e séries

Jake Gyllenhaal negocia papel em "Prisoners", drama com Hugh Jackman previsto para 2014

Mark Blinch/Reuters
Jake Gyllenhaal negocia papel em drama com Hugh Jackman e Melissa Leo Imagem: Mark Blinch/Reuters

Do UOL, em São Paulo

24/09/2012 16h38

O ator Jake Gyllenhaal negocia um papel no drama "Prisoners", de Denis Villeneuve, filme que conta com Hugh Jackman no papel principal ao lado de Melissa Teo. As informações são da revista especializada "Variety" nesta segunda-feira (24).

O longa narra a história de um carpinteiro que sofre com o desaparecimento da filha e do melhor amigo dela. Para se vingar, o morador da cidade de Boston, nos Estados Unidos, resolve sequestrar o homem que julga ser o responsável pelos sumiços.

A produção está prevista para ser lançada somente em 2014, com as gravações marcadas para o início de 2013.

Gyllenhaal está em alta nesta semana nos Estados Unidos, pois o filme "Marcado para Morrer", drama policial estrelado pelo ator, lidera as bilheterias no país na última semana de setembro de 2012.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Cinema
do UOL
do UOL
AFP
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Da Redação
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
Chico Barney
do UOL
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Cinema
do UOL
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
Da Redação
EFE
Topo