Cinema

Deputado entrega pedido para revisão de classificação de "Ted" ao Ministério da Justiça

Reprodução / Twitter
Deputado Protógenes Queiroz entrega pedido de reavaliação de classificação indicativa da comédia norte-americana "Ted" a José Eduardo Cardozo, ministro da Justiça imagem: Reprodução / Twitter

Do UOL, em São Paulo

O deputado federal Protógenes Queiroz (PC do B/SP) entregou nesta quarta-feira (26) o pedido de reavaliação da classificação indicativa da comédia "Ted", de Seth MacFarlane. O documento foi entregue ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. O momento foi registrado pelo político por meio de uma imagem divulgada no microblog Twitter.

Em reportagem do UOL, o Ministério da Justiça afirmou não haver necessidade de suspensão do filme, um pedido que chegou a ser citado por Protógenes, que se inconformou com o conteúdo do filme ao conferir a atração nos cinema ao lado do filho de 11 anos. O desconforto do político com o longa foi registrado no Twitter, o que gerou grande repercussão entre os usuários da internet.

No Twitter, o deputado disse que o longa não deveria ser exibido nem para maiores de 18. "Fiquei chocado e indignado com esse filme. Ele passa a mensagem de que quem consome drogas, não trabalha e não estuda é feliz", comenta. "Não poderia ser liberado nem para 16 nem para 18 anos. Esse filme não pode ser liberado para idade nenhuma. Não deve ser veiculado em cinemas".

A classificação é feita a partir da ocorrência na obra de cenas e conteúdos de sexo e nudez, violência e uso de drogas. O escalonamento entre as seis faixas de classificação se dá de acordo com a intensidade, importância, impacto e o contexto em que tais cenas/conteúdos se apresentam.

Diferença entre a classificação de 16 e 18 anos

A principal diferença é a intensidade e frequência de cenas inadequadas a crianças e adolescentes e o fato de tais cenas poderem ser agravadas por composição de cena, efeitos especiais, sonorização, etc. As obras classificadas como “Não Recomendadas para menores de 18 anos” apresentam conteúdos mais explícitos e mais impactantes de violência, sexo ou uso de drogas.

Estas cenas se apresentam por enaltecimento e glamourização da violência, crueldade, apologia ao uso de drogas, sexo explícito e pornografia. Mas, evidentemente, que tudo isto é avaliado no contexto da obra: fantasia, correspondência ou não com a realidade, comicidade, entre outros.

Antes de ir ao cinema, os pais podem consultar a classificação indicativa do filme no próprio site do Ministério. De acordo com a lei, ambas classificações só podem ser exibidas após às 22h. 

"Ted" é uma comédia que mostra a amizade entre um homem e seu urso de pelúcia falante, da infância à idade adulta. Tem Mark Wahlberg e Mila Kunis nos papeis principais e foi dirigido por MacFarlane, conhecido por seu trabalho com as séries de animação adulta "Uma Família da Pesada" e "American Dad", que tem sátiras nos moldes de séries como "Os Simpsons" e "South Park". Em seu país de origem, os Estados Unidos, "Ted" é recomendado para maiores de 17 anos.

Topo