PUBLICIDADE
Topo

Protógenes ironiza decisão da Justiça em manter classificação indicativa do filme "TED"

Em cena de "Ted", John Bennett (Mark Wahlberg) é um adulto imaturo que divide seu apartamento com um urso de pelúcia falante, passa as tardes assistindo à TV e bebendo cerveja - Divulgação / Universal
Em cena de "Ted", John Bennett (Mark Wahlberg) é um adulto imaturo que divide seu apartamento com um urso de pelúcia falante, passa as tardes assistindo à TV e bebendo cerveja Imagem: Divulgação / Universal

Do UOL, em São Paulo

09/10/2012 17h05

Após a decisão do Ministério da Justiça de manter a classificação indicativa do filme “TED” como “não recomendada para menores de 16 anos”, o deputado federal Protógenes Queiroz,(PC do B/SP) que havia pedido a reconsideração, fez piada com a notícia em sua página no Twitter.

"O THC (sigla que se refere à substância química presente na maconha) e o FHC (ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que tem uma postura favorável à legalização da maconha no Brasil) agradecem”, escreveu o deputado na rede social.

A decisão do Ministério foi publicada nesta terça-feira (9) no Diário Oficial da União e o despacho diz o seguinte: "A atual classificação conferida ao filme 'Ted' faz advertência sobre a presença de conteúdos sexuais, drogas e linguagem imprópria. Tais conteúdos têm impacto minimizado por contexto cômico, fantasioso e não correspondência com a realidade".

O pedido de reavaliação da classificação indicativa da comédia dirigida por Seth MacFarlane foi entregue por Protógenes no dia 26 de setembro depois que o político reclamou no Twitter de ter visto o filme acompanhado do filho de 11 anos. 

De acordo com Protógenes, o longa não deveria ser exibido nem para maiores de 18. "Fiquei chocado e indignado com esse filme. Ele passa a mensagem de que quem consome drogas, não trabalha e não estuda é feliz", comenta. "Não poderia ser liberado nem para 16 nem para 18 anos. Esse filme não pode ser liberado para idade nenhuma. Não deve ser veiculado em cinemas".

Em reportagem do UOL, o Ministério da Justiça afirmou não haver necessidade de suspensão do filme, um pedido que chegou a ser citado por Protógenes.

"Ted" é uma comédia que mostra a amizade entre um homem e seu urso de pelúcia falante, da infância à idade adulta. Tem Mark Wahlberg e Mila Kunis nos papeis principais e foi dirigido por MacFarlane, conhecido por seu trabalho com as séries de animação adulta "Uma Família da Pesada" e "American Dad", que tem sátiras nos moldes de séries como "Os Simpsons" e "South Park". Em seu país de origem, os Estados Unidos, "Ted" é recomendado para maiores de 17 anos.