PUBLICIDADE
Topo

"O Palhaço" é eleito melhor filme no 3º Festival Brapeq de Cinema Brasileiro na China

Paulo José e Selton Mello como os palhaços Puro-Sangue e Pangaré, em cena de "O Palhaço" - Divulgação
Paulo José e Selton Mello como os palhaços Puro-Sangue e Pangaré, em cena de "O Palhaço" Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

20/11/2012 14h43

O filme "O Palhaço", dirigido por Selton Mello, foi escolhido o melhor filme do ano pelo júri do 3º Festival Brapeq de Cinema Brasileiro na China. Xingu, de Cao Hamburguer, foi o escolhido pela audiência. Os prêmios foram anunciados na noite desta terça-feira (20) em Pequim.

Na premiação chinesa, Mei Feng, roteirista de "Spring Fever" – que levou o prêmio de melhor roteiro em Cannes de 2009 – e uma das juradas do prêmio, destacou o caráter artístico de "O Palhaço", dizendo que gosta muito da história, fortemente baseada na relação de pai e filho e que se transumuta ao longo do tempo: "É uma história de relações, de liberdade e que toca a audiência".

A atriz Bo Feng, também integrante do júri, disse estar supresa com a versatilidade de Selton Melo, que assina o roteiro, dirige e atua no filme. "O filme é notável em composição de imagem, movimento de câmera, controle de cena e no uso de diferentes planos. O ventilador na loja surge como um importante símbolo visual. No carro, o espelho retrovisor reflete aamargura e a angústia das personagens, expressas em olhares que se cruzam. Vale ressaltar que a música latina,do começo ao fim, se encaixa perfeitamente ao enredo. O diretor, roteirista e ator demonstra uma ampla capacidade de controle do filme", afirmou.

Premiado no Festival de Paulínia – com os troféus de melhor diretor, roteiro, figurino e ator coadjuvante (Moacyr Franco) - o filme que conta a história de dois palhaços, pai (Paulo José) e filho (Selton) também representou o Brasil no Festival de Chicago e venceu 12 das 13 categorias às quais foi indicado no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro.

O longa foi o escolhido na categoria Melhor Longa Ficção tanto pelo júri da premiação como pelo voto popular. Já o ator e diretor Selton Mello também venceu nas categorias Melhor Ator e Melhor Direção. O filme faturou outras sete categorias: Melhor Trilha Original, Figurino, Maquiagem, Direção de Arte, Direção de Fotografia e Montagem e Melhor Ator Coadjuvante, destinado ao ator Paulo José.