Cinema

"Odeio o Dia dos Namorados", diz Heloísa Périssé sobre comédia de mesmo nome

Mariane Zendron

Do UOL, em São Paulo

A atriz Heloísa Périssé interpreta nas telonas uma mulher chamada Débora que sofreu um trauma amoroso na adolescência e ficou fria e agressiva na fase adulta. "Odeio o Dia dos Namorados" chega aos cinemas nesta sexta-feira (7).

Assim como a personagem, Périssé odeia o Dia dos Namorados, mas não é por causa de um trauma amoroso, mas porque não gosta do compromisso de ter que dar um presente em uma data estipulada.

Casada há mais de 10 anos com o diretor Mauro Farias, Heloísa disse que prefere ser surpreendida em um dia comum. "Dia dos Namorados é todos os dias", disse ela ao UOL.

No filme, a personagem de Heloísa, Débora, tem a chance de rever as escolhas que fez durante a vida graças ao seu melhor amigo Gilberto (Marcelo Saback).

Segundo o ator, que já trabalhou com a atriz na peça "Cócegas", a amizade de longa data contribuiu muito para as filmagens. "Precisava ter uma relação de amizade que fosse aparente porque ela não é vivenciada pelo espectador. Ela tinha que ser sentida".

"A gente ri muito. Não sei do que a gente ri tanto. E a gente está normal, a gente não tomou nada", disse a atriz.

O filme é dirigido por Roberto Santucci, conhecido como o novo midas do cinema nacional pelos sucessos de "De Pernas para o Ar" e "Até que a Sorte nos Separe".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo