Filmes e séries

Diretor de "De Pernas Pro Ar" aposta em time de sucesso em comédia sobre o Dia dos Namorados

Mariane Zendron

Do UOL, em São Paulo

06/06/2013 20h25

Roberto Santucci, que levou mais de 7 milhões de pessoas ao cinema entre 2012 e 2013 com "Até Que a Sorte Nos Separe" e "De Pernas para o Ar 2", volta a apostar em um time que já faz sucesso com comédia em seu novo filme, "Odeio Dia dos Namorados", que estreia nesta sexta-feira (7).

Na tentativa de obter o mesmo sucesso dos longas que deram a ele o apelido (que ele odeia) de midas do cinema nacional,  o diretor escalou Heloísa Périssé, que faz humor na TV desde a década de 1990, para viver a traumatizada Débora. A protagonista sofreu por amor na adolescência e tornou-se uma adulta amarga e agressiva.

Publicitária, Débora recebe a dura missão de criar uma campanha romântica para uma marca de bombons. No meio de processo, ela recebe uma ajudinha de seu melhor amigo e anjo da guarda Gilberto (Marcelo Saback) para analisar por que sua vida amorosa deu tão errado.

TRAILER DA COMÉDIA "ODEIO O DIA DOS NAMORADOS"

Périssé traz para as telonas uma personagem diferente das que já mostrou em tanto tempo no humor. Débora é engraçada não por ser escrachada como a adolescente Tati ou passional como Monalisa, de "Avenida Brasil", mas por ser excessivamente de mal com a vida. A troca de ofensas entre ela e os funcionários da agência onde trabalha diverte bastante.

A melhor cena do filme, no entanto, não ficou para Heloísa e nem para Marcelo Saback, que também tem longa experiência em comédia e trabalhou nos roteiros de "De Pernas Pro Ar", "Divã" e "Cilada". A sequência mais interessante ficou com Daniel Boaventura, que vive Heitor, par romântico de Périssé, na qual ele é interrogado pela delegada Marina (Danielle Winits) e pelo investigador Tonhão (MV Bill). A cena que começa com humor e termina em drama foi gravada 12 vezes até que todos ficassem satisfeitos, segundo o diretor. 

O filme ainda traz boas cenas de comédias com outros atores experientes, como Charles Paraventi, Fernando Caruso, Daniele Valente, Henri Pagnoncelli, André Mattos e Júlia Rabello. 

Efeitos especiais
Apesar de não se arriscar muito na escolha da equipe, o diretor afirmou que quis se desafiar ao apostar em um roteiro com muitas viradas, passagens no tempo e efeitos especiais. Nesses aspectos, Santucci não se saiu tão bem.

Na adolescência, Débora (Marcela Barrozo) e Heitor (Lucas Salles) têm um nariz avantajado e espinhas, respectivamente. Numa tela de sala de cinema, fica evidente que os "defeitos" foram produtos de maquiagem e a artificialidade tira a atenção do espectador. O futuro com luzes de neon e uso de holograma também não convence. 

O filme ainda tem um acidente de carro com muitos efeitos especiais, mas que não se comparam aos vistos em filmes de Hollywood. Santucci explica que é muito complicado usar recursos tecnológicos em filmes brasileiros. Além do orçamento ser bem menor (o filme foi feito com R$ 5,5 milhões), o tempo de filmagens também é mais enxuto. "Um longa é rodado em 90 dias nos Estados Unidos. Aqui, a gente faz em seis semanas no máximo", explicou. Mesmo correndo o risco de perder qualidade com tantos efeitos, Santucci diz que quis "colocar a mão nessa cumbuca" com o objetivo de se desafiar.

DANIELLE WINITS COMENTA SEU PAPEL NO FILME

Franquias
O diretor ainda não fala de uma franquia para "Odeio Dia dos Namorados", como aconteceu com "De Pernas Pro Ar" e "Até Que a Sorte Nos Separe". A segunda parte desse último tem previsão de estreia para dezembro deste ano.

Para decidir se um filme terá continuação é preciso esperar o resultado da bilheteria e a disponibilidade da equipe. Santucci acredita no bom desempenho de "Odeio o Dia dos Namorados", mas demonstra apreensão ao ver seu filme estrear ao lado de tantas comédias, como "Finalmente 18!", "Se Beber, Não Case! - Parte III", "Giovanni Improtta", entre outros. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Cinema
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
EFE
do UOL
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
Topo